Caso Eliana: adolescente recebe pena de três anos de internação
Segunda audiência do caso aconteceu no Fórum Carlos Fontes de Alencar
Cotidiano| Por F5 News 12/07/2018 13:54 - Atualizado em 12/07/2018 17:41

O autor dos disparos que matou a primeira sargento Eliana Costa Silva, 46, durante uma tentativa de assalto no mês de maio em Aracaju (SE), recebeu uma pena de três anos de internação que deve ser cumprida no Centro de Atendimento ao Menor (Cenam). 

A segunda audiência de instrução do caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (12) no Fórum Desembargador Carlos Fontes de Alencar, do bairro Getúlio Vargas. O resultado do julgamento foi anunciado no início da tarde. O adolescente foi condenado pelo ato infrancional análogo ao crime de latrocínio.

Antes do julgamento, parentes da vítima, que usavam camisas em sua memória, informaram à imprensa que esperavam o cumprimento da Justiça e a pena máxima de três anos, atribuída a um menor de idade conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Durante a audiência, foram ouvidos pela juíza Aline Cândido, da 17º Vara da Infância, o adolescente infrator, a mãe do acusado e também o viúvo da sargento da Polícia Militar, que falou à juíza do estado emocional em que se encontram os filhos da vítima.  

À imprensa, a mãe do adolescente, que preferiu não ser identificada, disse que tem três filhos, e os dois mais jovens são usuários de drogas. Segundo ela, o adolescente que confessou o homicídio tem 16 anos e no momento do crime usava a carteira de identidade do irmão de 13 anos. “Eu sinto muito que a vida foi embora, não foi só a família dela que se desestruturou, não, a minha também, eu também”, disse ela, em entrevista à TV Sergipe.

Lembre

Na noite do dia 31 de maio deste ano, a sargento estava de folga e ao sair de um salão de beleza foi abordada pelo adolescente que anunciou o assalto na esquina da casa dela, no conjunto Orlando Dantas, zona Sul da capital. Nesse momento, segundo testemunhas, o menor pediu o celular quando a policial reagiu e o indivíduo efetuou três disparos que atingiram a sua cabeça.

Após o crime, o menor fugiu de bicicleta levando o celular da vítima. O adolescente foi apreendido na manhã do dia seguinte no bairro 17 de Março e segundo a polícia confessou o ato. Desde o homicídio, ele estava internado na Unidade Educativa Provisória (Usipe).

A sargento Eliana era natural de Pão de Açúcar, em Alagoas, e integrava a Assistência Militar na Assembleia Legislativa (Alese) desde 1998. Fazia parte da Corporação desde 1993, época em que foi soldada combatente e logo em seguida 3º Sargento. Ela integrou a companhia de polícias femininas ainda nos anos 90 e foi homenageada no Dia Internacional da Mulher, em 8 de março deste ano.

Leia mais

Tristeza e indignação marcam velório da sargento Eliana Costa

Corpo da sargento Eliana é sepultado com honras militares

Mais Notícias de Cotidiano
21/03/2019 18:43 MPF: esquema envolvendo Temer e Moreira Franco movimentou R$ 1,8 bi
Procuradores afirmam que grupo criminoso atua há mais de 40 anos
21/03/2019 16:44 Caso Laysa: testemunhas começam a ser ouvidas em juízo
Audiência da ação penal apura o assassinato da transexual Laysa Fortuna
21/03/2019 15:26 Chuva e fortes ventos causam transtornos em bairros de Aracaju
Árvore caiu e telhado de estacionamento cedeu em condomínios da capital
21/03/2019 15:00 Aluna sergipana de 15 anos tira nota mil na redação do Enem 2018
Letícia é a aluna mais nova a tirar nota máxima na prova
21/03/2019 14:30 Projeto profissionaliza pessoas com Síndrome de Down em Aracaju
A Galera do Click, criada em São Paulo, chegou a Sergipe em janeiro deste ano