Homem armado em camarote diz que prestava “relevantes serviços”
O acusado deve ser indiciado por crime hediondo
Cotidiano 12/01/2018 16:30 - Atualizado em 12/01/2018 16:42

Por F5 News

A Secretaria da Segurança Pública de Sergipe (SSP) identificou o homem que portava um fuzil de uso restrito das forças policiais enquanto fazia a segurança do camarote da Prefeitura de Laranjeiras durante a 43ª edição do Simpósio do Encontro Cultural de Laranjeiras, no último final de semana. De acordo com a pasta, João Mário da Silva Santos, que se apresentou como autônomo, prestou depoimento nesta sexta-feira (12).

O caso está sendo investigado pela delegada Teonice Alexandre de Santana, corregedora-geral de Polícia, que estuda a possibilidade de indiciar o acusado pela prática de crime hediondo com base na Lei do Desarmamento.

Em depoimento, João Mário tentou justificar sua conduta alegando que estava “prestando um relevante serviço à sociedade”, no entanto, conforme entendimento da delegada, trata-se de uma conduta reprovável “tanto no âmbito criminal, quanto no administrativo”.

O inquérito ainda não foi concluído. Segundo a SSP, o agente da Polícia Civil Carlos Alberto Feitosa Magalhães Carneiro, apontado como responsável por fornecer o fuzil à João Mário, ainda deve ser ouvido. Ele está afastado de suas funções e também responderá a um procedimento administrativo instaurado pela Corregedoria. 

Mais Notícias de Cotidiano
24/06/2018 15:57 PM prende suspeito de decapitar pai e filho em Itaporanga
24/06/2018 15:56 Suspeitos são presos com cocaína na Avenida Maranhão, em Aracaju
24/06/2018 15:30 Transporte de turbinas da Termoelétrica altera trânsito na Barra
Trecho da rodovia SE 100 ficará bloqueado por quatro dias
24/06/2018 12:02 Samu atende mais de 300 chamados na véspera de São João
23/06/2018 15:40 Veja os cuidados com o seu pet durante os festejos juninos
É possível preparar um ambiente seguro para minimizar o estresse dos bichos