ORLA SUL I – Uma obra de todos nós | Clarisse de Almeida | F5 News - Sergipe Atualizado

ORLA SUL I – Uma obra de todos nós
A Orla nova precisa de novas atitudes e consciências
Blogs e Colunas | Clarisse de Almeida 20/03/2020 13h32 - Atualizado em 20/03/2020 13h54

Finalmente começa agora o processo de urbanização da Orla Sul, a saber, o litoral das praias que beiram a rodovia José Sarney, no sul de Aracaju, na zona de expansão do município. Estarei, como autora do projeto, escrevendo alguns dias sobre esse assunto,  abordando diversos aspectos pertinentes a ele e que considero importante debater.

O primeiro será a demanda em si. Por que urbanizar aquelas praias? Começaremos relembrando as ações do Ministério Público Federal em toda costa brasileira, nas praias ocupadas por bares, quiosques e outros que,  pela via de ordens judiciais, demoliram todas as edificações das orlas em Salvador, Fortaleza e em outras capitais.

Aracaju teve melhor sorte! Se conseguir comprovar que pode administrar seu elenco de bares nas praias em questão, qualificando ambientalmente toda a área, com o argumento de que apoiam nosso “Turismo Pé no Chão”, pode evitar essa tragédia.

Para tal, após negociações entre o Governo do Estado e o MPF, eleito o Prodetur (Programa Regional de Desenvolvimento do Turismo/SE) como gestor para solução do problema, foi elaborado um escopo de projeto definindo-se o programa mínimo a ser implantado na faixa litorânea e as ações indispensáveis.

Resumindo aqui como preliminar dessa série, são as seguintes as premissas gerais do projeto:

- Bloqueio físico ao acesso de veículos à faixa de areia da praia;
- Promoção da acessibilidade universal;
- Ordenamento da circulação de pedestres, bicicletas e automóvei;
- Duplicação das faixas de rolamento da rodovia, eliminando os acostamentos;
- Implantação de espaços públicos de apoio aos usuários, com sanitários, equipamentos esportivos e outros e
- Locação de Postos Policiais, Postos Salva-vidas, Apoio aos Bombeiros, entre outros espaços.

São 16 Km de praias, divididos em quatro trechos, sendo um deles subdividido em oito subtrechos. Divisão essa que respeitou as várias vocações encontradas em diferentes áreas na longa faixa desse litoral “mar aberto”, balneável, gentil e democrático.

Ontem foi assinada a Ordem de Serviço para o início das obras do Trecho I, o primeiro passo para a transformação dessa joia em produto turístico e lazer local. Mas, como veremos semanalmente aqui em nossos encontros, não bastará o projeto se não mudarmos os usuários  não as pessoas - mas suas atitudes e consciências.

Trecho a trecho apresentaremos o projeto e suas intenções, e como sempre dependerá da resposta da população o sucesso de cada solução proposta.

Por hoje, deixo imagens do primeiro espaço criado para a Orla, que se inicia ao fim da “Cinelândia”, em frente ao lote do outrora Hotel Parque dos Coqueiros, que se denominou Largo Marco Zero, lugar de encontro para a caminhada, a pedalada, a corrida...

Até semana que vem com mais informações sobre essa obra de todos nós. Espero vocês!


 

Mais Notícias de Clarisse de Almeida
Foto: Clarisse de Almeida
05/06/2021  15h30 Orla Sul Aracaju: ISTO É SEU
Feliz Aniversário, Aracaju!!!
16/03/2021  12h20 Feliz Aniversário, Aracaju!!!
A QUARENTENA QUE NUNCA EXISTIU
31/08/2020  12h46 A QUARENTENA QUE NUNCA EXISTIU
Perspectiva do Trecho I do Projeto Fonte: A autora, 2019
10/04/2020  12h53 ORLA SUL II - Nova orla a caminho!
18/12/2019  19h47

Bora esperar o que dificilmente vingará


Blogs e Colunas
Clarisse de Almeida
Clarisse de Almeida

Arquiteta e Urbanista pela FAUSS/RJ, especialista em Tecnologia Educacional pela UERJ e em Paisagismo pela UFLA/MG. Atua com ênfase em Desenho Urbano e Projetos de Edificação e Paisagismo. Leciona no curso de Arquitetura e Urbanismo da UNIT. Possui trabalhos reconhecidos nacionalmente e tem sido palestrante em variados eventos. É membro da equipe da Ágora Arquitetos.

E-mail: arqclarissedealmeida@gmail.com

O conteúdo e opiniões expressas neste espaço são de responsabilidade exclusiva do seu autor e não representam a opinião deste site.