Setembro Vermelho: mês da prevenção das doenças cardíacas em pets
Período também alerta para a ocorrência da Dirofilariose ou 'verme do coração'
Blogs e Colunas | Coluna de Estimação 25/09/2019 15h05 - Atualizado em 25/09/2019 15h24

O tratamento de doenças em animais de estimação não é tarefa fácil. Lidar com esse tipo de situação pega de surpesa muitos apaixonados pelos seus pets e o sofrimento é inevitável. Por isso, as avaliações médicas periódicas, são importantes para o diagnóstico precoce e evitar o avanço de qualquer doença.

O mês de setembro marca o início do movimento de conscientização para as doenças cardíacas em cães e gatos, em alusão ao Mês Internacional do Coração. A atenção e cuidado redobrados ao coração pode salvar a vida do seu animalzinho, evitando o avanço da doença que, na maioria das vezes, chega de forma silenciosa, progressiva e fatal.

Durante este período, também é alertado sobre a Dirofilariose canina, ou verme do coração. Considerada uma zoonose, a doença parasitária cardiopulmonar é silenciosa e afeta principalmente os cães, sejam eles domésticos ou silvestres. O agente causador é o Dirofilaria immitis, um parasita nematoide semelhante à lombriga, mas que se aloja no coração. Sua transmissão ocorre por meio da picada de mosquitos, como o Aedes Aegypti, que tenham picado outro hospedeiro infectado previamente. 

Veterinários apontam que os recém-infectados quase sempre são assintomáticos, ou seja, não apresentam sintomas, sendo que a gravidade da doença está relacionada com a quantidade de vermes que o portador possui, com a duração da infecção e com a resposta individual do hospedeiro. No entanto, entre os sintomas mais comuns são tosse crônica; intolerância ao exercício; fraqueza; taquipneia (respiração acelerada); dispneia (respiração rápida e curta); e perda de peso.

Diversos exames podem ser feitos para identificar o parasita, entre eles, o ecocardiograma. A doença tem tratamento e a cura é possível quando é descoberta a tempo. Por isso, médicos alertam que quanto antes for diagnosticada a doença, mais rápido, fácil e eficaz será o tratamento. Ainda assim, o ideal é a prevenção. 

"Existem as formas de prevenão tanto com repelentes, pipetas e coleiras, além das medicações mensais e a anual que é o ProHeart. Mas, mesmo tendo todos esses cuidados o ideal é sempre estar fazendo a pesquisa de microfilaria e a sorologia do verme adulto, ambos devem ser feitos para a detecção", explica a veterinária Juliene Oliveira.

Cuidados com o coração

Segundo especialistas, doenças cardíacas ocorrem com maior frequência em cães a partir dos cinco anos e de raça pequena. Porém também em raças grandes e entre a população de gatos. Entre os sintomas, estão a redução do apetite do animal, cansaço com facilidade, tosses frequentes, dificuldade em respirar, síncopes ou desmaios, maior ingestão de água e o pet não tem vontade de andar.

Especialistas apontam que é fácil confundir os sinais de doença cardíaca com os de envelhecimento, por isso fique atento e comunique a seu veterinário de confiança. Ter atenção às mudanças gerais do pet, manter o seu peso corporal normal e saudável, e conhecer as raças ou misturas para compreender os riscos de incidência de doenças são as principais orientações de veterinários.

Mais Notícias de Coluna de Estimação
Animais de estimação podem sofrer ansiedade e depressão durante a quarentena
06/06/2020  12h03 Animais de estimação podem sofrer ansiedade e depressão durante a quarentena
Veterinária explica sobre como lidar com as mudanças de comportamento dos bichinhos
Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social
23/05/2020  13h30 Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social
Veterinária alerta: animais não devem ser abandonados após quarentena
Tutores procuram por gata desaparecida no bairro Aeroporto, em Aracaju
17/04/2020  10h28 Tutores procuram por gata desaparecida no bairro Aeroporto, em Aracaju
A relação entre felídeos e a Covid-19: o que se sabe até o momento
14/04/2020  09h22 A relação entre felídeos e a Covid-19: o que se sabe até o momento
Foto: Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju/arquivo
20/03/2020  20h10 Covid-19: serviços veterinários essenciais permanecem disponíveis à população
Durante o período crítico, no entanto, parte estética como banho e tosa deve ser evitada

Blogs e Colunas
Coluna de Estimação
Coluna de Estimação

Fernanda Araújo é formada em Comunicação Social – Jornalismo pela UNIT, pós-graduada em MBA Marketing, Assessoria e Comunicação Integrada pela FANESE. Já trabalhou como assessora de comunicação em sindicato de classe, e atualmente, é repórter no Portal F5 News. Premiada em primeiro lugar no Prêmio João Ribeiro de Divulgação Científica da Fapitec, na categoria web jornalismo, em 2018.

E-mail: fernandaaraujo.jornalismo@gmail.com

O conteúdo e opiniões expressas neste espaço são de responsabilidade exclusiva do seu autor e não representam a opinião deste site.
Dark Room recebe a radialista Magna Santana
Dark RoomDark Room recebe a radialista Magna Santana
Dark Room recebe Isis Bro/Ken
Dark RoomDark Room recebe Isis Bro/Ken