“Precisamos enxergar o meio ambiente como prioridade", diz vereador Breno Garibalde | Consciência Limpa | F5 News - Sergipe Atualizado

“Precisamos enxergar o meio ambiente como prioridade", diz vereador Breno Garibalde
Em entrevista para o Blog Consciência Limpa, parlamentar destaca o que precisa ser feito para Aracaju virar a chave
Blogs e Colunas | Consciência Limpa 05/06/2022 15h33

 

Desde o dia 31 de maio até este domingo (5), assuntos acerca da sustentabilidade e da preservação dos recursos naturais foram temas principais dos debates na sociedade. Uma semana inteira dedicada a tratar de assuntos sobre os impactos causados ao meio ambiente. Quem dera fosse assim durante o ano inteiro, não é? 

Apesar dos avanços nas discussões, com grandes encontros mundiais acontecendo desde os anos 70, como o Clube de Roma, que reuniu cientistas e intelectuais para discutir alguns dos principais problemas ambientais, bem como a Conferência das Nações Unidas em Estocolmo, o primeiro evento ambiental organizado pela ONU, e a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento – Rio + 20, em 2012, que levantou temas como o conceito de Economia Verde para alcançar o desenvolvimento sustentável e a erradicação da pobreza, ainda há muito o que debater. 

Em 2021, o Dia da Sobrecarga da Terra aconteceu em 29 de julho. Isso significa que a humanidade consumiu todos os recursos naturais da Terra para aquele ano, cinco meses antes do ano acabar. Ou seja, precisaríamos de mais de um planeta para satisfazer o uso anual de recursos de toda população planetária. Isso acontece desde 1972. Estamos acabando com capacidade da Terra de se renovar.

Para mudar esse cenário é preciso ação individual sim, mas, sobretudo, é necessário vontade política. Por mais que a sociedade civil tente, de alguma forma, fazer sua parte para reduzir os impactos ambientais, é a partir da efetividade de políticas públicas que o cenário atual pode, um dia, melhorar. 

Em Aracaju, são poucos os líderes políticos envolvidos com a causa, pelo menos, declaradamente. Um deles é o vereador Breno Garibalde (DEM), que está sempre levando à tribuna da Câmara Municipal discussões sobre o tema, além de realizar diversas atividades políticas de meio ambiente na capital sergipana.

Acompanhe abaixo a conversa, na íntegra, que o blog Consciência Limpa teve com o parlamentar a respeito das preocupações com os problemas ambientais, e o que pode ser feito para que Aracaju se torne a capital do desenvolvimento sustentável. 

Consciência Limpa - Quais as pautas ambientais que o parlamentar já levou para discussão na Câmara de Vereadores até então?

Breno Garibalde - Uma pauta que eu levo bastante é da mobilidade ativa. Sou ciclista, vou pra câmara de bicicleta e sinto muito a falta de estrutura cicloviária integrada na nossa cidade. No início éramos exemplo em quantidade de ciclovias, mas meio que paramos numa época e estamos retomando com as novas obras, mas ainda é preciso fazer muito mais. A gente precisa estimular esses modais de transportes que são ecologicamente corretos e ainda ajudam a desafogar o trânsito. Outro ponto fundamental é a arborização urbana e permeabilidade do solo, bato muito nessa tecla e cobro para que a revisão do Plano Diretor inclua essas diretrizes. Meu sonho é ver uma Aracaju super arborizada, principiante ali no centro, que tá cada dia mais quente. E estamos fazendo nossa parte, na última terça-feira (01), plantamos algumas árvores na Rua Maruim e na Praça Tobias Barreto. Também falo muito sobre a redução do uso de descartáveis de uso único por parte dos estabelecimentos comerciais e também para a redução do uso de papel das repartições públicas, inclusive da câmara. Eu acredito que o desenvolvimento sustentável é a única maneira possível de avançarmos.

Consciência Limpa - Qual a visão do vereador quanto às políticas públicas ambientais existentes atualmente em Aracaju? Elas precisam ser fortalecidas? 

Breno Garibalde - Estamos avançando. Acredito que com a cobrança da sociedade, do nosso mandato, que cobra diariamente, junto com alguns colegas parlamentares, estamos tendo importantes conquistas para nossa cidade. Alguns exemplos são: aumento da produção de mudas, plantio de árvores, instalação dos ecobueiros, das ecobarreiras, o plano de manejo do poxim e etc.  Mas, pra mim que sou apaixonado por essa cidade, acho que tudo isso ainda é muito pouco. Aracaju é pequena e poderia ser referência em desenvolvimento sustentável, mas pra que isso aconteça precisamos girar a chave e enxergar o meio ambiente como prioridade e não mais como segundo plano. As mudanças climáticas estão aí batendo na porta de todo mundo e sinalizando que não há mais o que esperar para fazermos a diferença.

Consciência Limpa - O parlamentar acredita que a ação individual tem algum poder significativo no coletivo quando o assunto é meio ambiente?

Breno Garibalde - Acredito muito! Se cada um fizesse a sua parte, com certeza estaríamos numa situação bem melhor. O problema é que quando se fala em meio ambiente, muita gente acha que é chato, que é besteira e isso dificulta alguns avanços. Infelizmente muita gente ainda corta árvore porque “suja a calçada”, cimentam tudo por “praticidade”, muita gente não descarta corretamente e nem separa os resíduos em casa. Acredito que é preciso de união e vontade de mudar, não adianta só a gente reclamar do poder público, se não fizermos a nossa parte.

Consciência Limpa - A crise climática é uma realidade. Mas, ainda tem pessoas que não acreditam ou não dão a importância devida ao tema. O que falta para que a sociedade se preocupe?

Breno Garibalde - Eu sinceramente não sei mais o que falta para as pessoas entenderem a urgência desse assunto. O calor tá cada dia mais insuportável, as chuvas cada vez mais devastadoras e parece que as pessoas não estão entendendo o motivo disso. Precisamos entender que a culpa não é da chuva, nem do sol. Fomos nós, com as nossas ações desmedidas, com nosso consumo desenfreado, com nossa falta de cuidado com o bem comum, que causamos tudo isso. Se a temperatura planetária aumentar mais 1 grau que seja, já sentiremos efeitos imensos. É bem preocupante e eu sempre estou falando sobre isso na tribuna e nas redes sociais, para tentar chegar ao máximo de pessoas possível.

Consciência Limpa - O senhor acredita que falta, da parte dos políticos, essa preocupação com o meio ambiente na mesma proporção em que se preocupam com pautas tão importantes quanto, como saúde, educação, etc?

Breno Garibalde - Eu vejo já uma mudança, percebo mais políticos, assim como eu, levantando as pautas ambientais. Mas ainda somos poucos, precisamos de mais gente nessa luta e precisamos que a sociedade tenha esse olhar também, até para cobrar. Se a gente destruir o meio ambiente, a gente vai embora junto, não vai ter saúde, educação, nem mais nada. Então não tem outra saída a não ser preservar. Convido todo mundo que está lendo essa entrevista a me seguir lá no insta (@brenogaribalde), porque eu tô sempre falando dessas temáticas e gosto da participação de todos.

Mais Notícias de Consciência Limpa
Pixabay/Ilustrativa
11/01/2022  12h21 Vegano até que ponto? Saiba como identificar e diferenciar produtos
Segunda sem Carne: confira 5 dicas de perfis com receitas vegetarianas
06/12/2021  12h40 Segunda sem Carne: confira 5 dicas de perfis com receitas vegetarianas
Projeto Azahar recupera 12 hectares de Mata Atlântica e planta mais de 10 mil mudas
17/07/2021  09h00 Projeto Azahar recupera 12 hectares de Mata Atlântica e planta mais de 10 mil mudas
Foto: Cedida ao Consciência Limpa
12/07/2021  08h39 Confira o Guia da Gastronomia Sustentável em Aracaju, com sete dicas de restaurantes
Foto: Laís de Melo
20/06/2021  13h02 Manguezais: degradação reflete nos oceanos e em todas as espécies vivas

Blogs e Colunas
Consciência Limpa
Consciência Limpa

Lais Oliveira de Melo, jornalista diplomada, pós-graduanda de MBA em Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, atualmente repórter do Jornal da Cidade e blogueira em Consciência Limpa. Premiada em 2018 no Prêmio Setransp com a terceira melhor reportagem de veículo impresso. Trabalhou por cinco anos no marketing digital de uma empresa de turismo e participou de um programa de estágio no F5 News.

E-mail: demelo.lais@gmail.com

O conteúdo e opiniões expressas neste espaço são de responsabilidade exclusiva do seu autor e não representam a opinião deste site.