Histórias do Agro Sergipano (Capítulo IX) | Haroldo Araújo Filho | F5 News - Sergipe Atualizado

Histórias do Agro Sergipano (Capítulo IX)
Fertilizantes Boasafra. Marca sergipana reconhecida em todo o país.
Blogs e Colunas | Haroldo Araújo Filho 25/04/2022 07h00

Recentemente, por causa do receio de desabastecimento provocada pelo conflito bélico entre Rússia x Ucrânia, o assunto Fertilizantes tem estado muito em voga na sociedade brasileira, já que mais de 80% dos fertilizantes consumidos no Brasil é importado.

Aqui em Sergipe, com o advento da nova Lei do Gás, o tema tem sido considerado de grande oportunidade econômica para o estado. Prova disso que o estado tem participado ativamente do Plano Nacional de Fertilizantes, como também, pretende se tornar um grande polo de fertilizantes no país.

Saiba mais no artigo escrito por este colunista: “Sergipe, uma mina de Fertilizantes”.

Nesse diapasão, o capítulo de hoje faz um justo reconhecimento à Boasafra, marca genuinamente sergipana e reconhecida em todo país pela qualidade de seus produtos. E pela qual, tenho um imenso orgulho e gratidão por ter começado minha vida profissional como Engenheiro Agrônomo.

A marca Boasafra é o nome fantasia da JC Barretto Fertilizantes, idealizada por seu sócio majoritário, Raymundo Calumby Barretto (in memoriam), fundada em 1983, às margens da BR-101 no município de Maruim/SE.

Pioneira no segmento das pequenas empresas regionais do Nordeste, nasceu na esteira dos grandes empreendimentos que se instalavam no estado, responsáveis pela exploração de potássio e pela utilização do gás natural para fabricação de Uréia, respectivamente, através da Petromisa (atual Mosaic) e Nitrofértil (atual Unigel).

Logo, fruto da competência e da visão empreendedora do seu corpo diretivo, a JC Barretto Fertilizantes não somente se consolidava no mercado interno como também comercializava seus produtos para várias lavouras em diversas regiões do país, por exemplo: cana-de-açúcar (Sergipe, Alagoas, Pernambuco e Paraíba), Café (Minas Gerais e Espírito do Santo), Laranja (Bahia e Sergipe), Milho (Sergipe, Bahia e Alagoas) e para os cultivos irrigados do vale do São Francisco (Bahia e Pernambuco).

Através da já reconhecida qualidade e credibilidade, na década de 1990, a Boasafra inova sua linha de formulados com adição de micronutrientes. Surgem então os renomados: Super Coco, Citro Safra Super, Horto Safra Super, responsáveis por significativa mudança na tecnologia de utilização dos adubos.

Lastreados pela credibilidade e pelo espírito inquieto de inovação, características intrínsecas da família de Seu Raymundo, como também, pela necessidade de disponibilizar produtos diferenciados em um mercado extremamente concorrido, em especial, depois da presença de poderosas multinacionais do setor, é que a Biosafra Fertilizantes LTDA, sucessora da JC Barretto Fertilizantes produz, atualmente, não somente os tradicionais fertilizantes minerais, como também organominerais e especiais.

Por isso que a empresa, atualmente capitaneada por Augusto Barretto, está lançando a linha BIOMAX de fertilizantes organominerais, os quais, visam minimizar as perdas de adubo em campo, através do aumento da disponibilidade dos elementos na solução do solo e por consequência o aumento da capacidade de absorção pelas plantas.

Desta forma, incluir a Boasafra no rol de personagens do Histórias do Agro Sergipano é valorizar capacidade empreendedora dos que a fizeram no passado, e dos que a fazem atualmente, como também, reconhecer a qualidade do que se produz em nosso Estado.

  

Mais Notícias de Haroldo Araújo Filho
Histórias do Agro Sergipano (Capítulo XI)
20/06/2022  07h00 Histórias do Agro Sergipano (Capítulo XI)
Foto internet
06/06/2022  07h00 Sucessão familiar no rural brasileiro.
Histórias do Agro Sergipano (Capítulo X)
23/05/2022  07h00 Histórias do Agro Sergipano (Capítulo X)
Latuff cartoons
09/05/2022  07h00 A vilanização do agronegócio brasileiro
Ministra Tereza Cristina. Foto: MAPA
01/04/2022  11h15 Ministra Tereza Cristina

Blogs e Colunas
Haroldo Araújo Filho
Haroldo Araújo Filho

Engenheiro Agrônomo do Incra/Ministério da Agricultura, formado pela Universidade Federal de Sergipe, pós-graduado em Irrigação (UFS). Secretário de agricultura de Riachão do Dantas (2005-2007); Superintendente regional do Incra em Sergipe ( 2016-2017); Delegado da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário em Sergipe (2017). Antes de ingressar no serviço público atuou em empresas comerciais do ramo agropecuário.

E-mail: hafaraujo@yahoo.com.br

O conteúdo e opiniões expressas neste espaço são de responsabilidade exclusiva do seu autor e não representam a opinião deste site.