Me formei, e agora? | Haroldo Araújo Filho | F5 News - Sergipe Atualizado

Me formei, e agora?
Oportunidades para profissionais recém-egressos das Ciências Agrárias e o programa AgroResidência.
Blogs e Colunas | Haroldo Araújo Filho 27/04/2021 11h40

Qual profissional, independente da formação, já não se fez essa pergunta?

Esse questionamento começar a ficar latente já no último ano de curso, pois é o momento onde o formando já tem mais ou menos claro qual caminho irá seguir, porém, com muitas dúvidas quanto às oportunidades disponíveis para alcançar o escolhido.

Tal sentimento não é diferente com os estudantes das Ciências Agrárias - o qual se reverbera, na Universidade Federal de Sergipe (UFS) - campus São Cristóvão e Sertão, nos 500 novos alunos que entram anualmente nos cursos de: Engenharia Agronômica, Engenharia Agrícola, Engenharia Florestal, Engenharia de Pesca, Medicina Veterinária, Zootecnia e Agroindústria.

É notório que a agropecuária brasileira passa por significativos avanços, expressados, por exemplo, no recente recorde da safra 2019/2020 de grãos e, em especial, por ser o único segmento que teve PIB positivo em 2020.

Sem sombra de dúvidas essa pujança nutre nos futuros profissionais das Ciências Agrárias um sentimento de otimismo em relação às oportunidades junto ao mercado de trabalho. Atualmente, não mais presos somente aos grilhões do binômio: ser empregado e ser servidor público, mas, em especial, nas possibilidades advindas da inovação e do empreendedorismo, como já descrita por essa coluna no texto: “Não se prenda. Empreenda”.

Em que pese todo esse cenário favorável, ainda recai sobre esses futuros profissionais a dificuldade de acessar a primeira oportunidade, aquela que dará experiência, contatos profissionais e aguçamento para perceber as conveniências de inovar e empreender.

Pensando em dirimir a dificuldade acima relatada o Ministério da Agricultura, Pecuário e Abastecimento (MAPA), através da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo, idealizou o AgroResidência – Programa de Residência Profissional Agrícola. Esse programa visa a qualificação técnica de estudantes e recém-egressos de cursos de ciências agrárias e afins, através de projetos selecionados de instituições de ensino público federal que promoverão a inserção dos residentes no ambiente real de trabalho, por meio de treinamento prático, orientado e supervisionado, propiciando o desenvolvimento de conhecimentos, habilidades e atitudes necessárias ao exercício profissional.

Em Sergipe, o MAPA investirá R$ 1.015.178,60 em 04 projetos selecionados da UFS, contemplando 67 bolsistas que receberão R$ 1.200 mensais, podendo exercer suas atividades em lojas agropecuárias, agroindústrias, fazendas, lotes irrigados, granjas, empresas de projetos e consultorias, associações, cooperativas etc. Em todo o Brasil, serão investidos R$ 17,1 milhões em 75 projetos selecionados.

Por fim, projetos como esse contribuem significativamente para que os recém-formados das Ciências Agrárias sejam efetivamente absorvidos por esse importante setor produtivo brasileiro.

Mais Notícias de Haroldo Araújo Filho
O uso ilegal da Cama de Frango
04/10/2021  08h32 O uso ilegal da Cama de Frango
Histórias do Agro Sergipano (Capítulo IV)
20/09/2021  07h42 Histórias do Agro Sergipano (Capítulo IV)
Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR)
06/09/2021  08h34 Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR)
Histórias do Agro Sergipano (Capítulo III)
23/08/2021  07h47 Histórias do Agro Sergipano (Capítulo III)
As mulheres no Agro
09/08/2021  08h30 As mulheres no Agro

Blogs e Colunas
Haroldo Araújo Filho
Haroldo Araújo Filho

Engenheiro Agrônomo do Incra/Ministério da Agricultura, formado pela Universidade Federal de Sergipe, pós-graduado em Irrigação (UFS). Secretário de agricultura de Riachão do Dantas (2005-2007); Superintendente regional do Incra em Sergipe ( 2016-2017); Delegado da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário em Sergipe (2017). Antes de ingressar no serviço público atuou em empresas comerciais do ramo agropecuário.

E-mail: hafaraujo@yahoo.com.br

O conteúdo e opiniões expressas neste espaço são de responsabilidade exclusiva do seu autor e não representam a opinião deste site.