A segunda chance | Marcio Rocha | F5 News - Sergipe Atualizado

A segunda chance
Blogs e Colunas | Marcio Rocha 06/08/2022 01h29

Sergipe se tornou um dos cenários da vida de um empresário alagoano que trouxe suas atividades para o estado ao longo dos últimos anos, passando a ser parte de sua vida e sua empresa parte da vida dos sergipanos. Poucos podem conhecer José Hipólito Correia Costa, mas muitos conhecem a distribuidora Asa Branca. Não somente pelos caminhões circulantes por todo estado, mas pelos produtos que chegam às nossas casas através do seu trabalho, que gera mais de 1.300 empregos em Sergipe e Alagoas. Fugindo da nossa temática, mais uma vez, vamos contar um pouco da história de um homem que ajuda a descomplicar a economia para milhares de pessoas.

José Hipólito Costa, empresário de 62 anos, nascido na cidade de Taquarana, em Alagoas, ainda menino começou a trabalhar, juntando seu espírito empreendedor, com o negócio do pai, uma pequena mercearia na cidade onde nasceu. Aos cinco anos, disse ao pai que queria ganhar o próprio dinheiro e colocou uma banquinha para vender miudezas na porta da bodega, vendendo fósforos, velas, entre outros produtos na feira da cidade. Ali seria o embrião de um negócio que mudou a vida de muitas pessoas para melhor. Hipólito já descomplicava sua economia pessoal desde então.

Aluno de escola pública, formou-se em engenharia agrônoma e foi trabalhar em empresas do setor sucroalcooleiro em Alagoas, passando por usinas do estado e pensando em montar de vez o seu negócio. Foi para Arapiraca e lá, desenvolveu sua atividade comercial no ramo supermercadista. O Mercadinho Azul, no bairro Brasília, em Arapiraca, surgiu para levá-lo de volta às origens comerciais. Nesse tempo, surgiu o insight com seu cunhado em evoluir no mundo dos negócios, era hora de criar um comércio atacadista. Eis que há 20 anos foi fundada a Distribuidora Asa Branca, com planos ambiciosos. Se manter no mercado alagoano e vir para Sergipe, pois encontrou a oportunidade de crescer o negócio aqui em nosso estado. Somando as duas regionais, são mais de 1.300 empregos diretos gerados, transformando a vida de milhares de pessoas.

Essa guinada pessoal e profissional, aportando em Sergipe, foi possível graças aos princípios aprendidos com seu pai, ainda quando criança, que lhe nortearam ao longo de sua vida. “Meu pai era um homem humilde e sempre me direcionou para ser uma pessoa honesta. Essa virtude deve estar em primeiro lugar. Quando você é honesto, todo mundo acredita em você, as pessoas acreditam em você. E o trabalho bota a pessoa para frente. Honestidade e trabalho são as virtudes iniciais para uma pessoa crescer na vida”, diz ele com muito orgulho das suas origens e educação que recebeu.

Mas a vida que ele tanto ama foi dura e lhe colocou para travar uma batalha que poucas pessoas venceram. Em 2021, Hipólito enfrentou a maior luta da sua vida. O combate contra a COVID. De sintomas leves, as coisas pioraram e sua família tomou a decisão de levar-lhe para São Paulo. Lá passou nove meses internado, combatendo a mais dura luta que poderia enfrentar, a luta pela vida. Desenganado pela medicina, passou três meses sob manutenção através do ECMO, aparelho que exerce a substituição da função pulmonar. O enfrentamento contra a doença foi incessante e difícil, mas sua força de vontade e desejo de viver foram mais fortes. Suplantou o tratamento que poucas pessoas conseguiriam sobreviver e conseguiu fazer um transplante de pulmão. Uma cirurgia de alto grau de risco. Deu certo! Os complicadores foram vencidos, após uma longa batalha exaustiva e que fez sofrer não somente a ele, mas todos os familiares e amigos. Amigos estes que ele considera uma força sobrenatural para ter vencido a COVID. “Considero um milagre. Primeiramente foi Deus e depois o apoio dos amigos, que rezaram por mim. Graças a Deus, eu me salvei”, conta ele, que foi destaque nacional como exemplo de sobrevivência à doença, em uma emocionante entrevista dada ao Fantástico, da TV Globo, na qual contou seu drama pessoal e familiar, que se tornou a maior vitória de sua vida.

Venceu, voltou. Voltou para seus familiares, voltou para seus negócios, seus amigos, para sua vida. A vida o recompensou com uma segunda chance. Afinal, um homem que tem no seu bojo a prática do bem, não poderia ser traído pela própria em tamanha luta. Voltou, com força para continuar seu trabalho social com asilos em diversas cidades, com seu atento olhar para os semelhantes, levando alimentos, doando a quem mais precisa. A Asa Branca é um dos maiores doadores do Programa Mesa Brasil Sesc em Sergipe e Alagoas, além da própria ação social praticada por ele mesmo de forma silente (te entreguei, meu amigo!), e na dedicação à transformação de vidas por meio do estímulo à educação. Poucos sabem, mas Hipólito Costa é um incentivador do desenvolvimento pessoal de seus colaboradores e pessoas menos favorecidas, investindo na educação de centenas de pessoas, sem querer nada em troca. A vida lhe deu uma segunda chance, porque dera segundas chances à muitas pessoas, gerando oportunidades de trabalho para pessoas egressas do sistema de ressocialização. Poucos pensam em promover esse tipo de ação para quem quer corrigir a própria vida.

A vida recompensou esta grande figura humana por tantas segundas chances que foram oportunizadas por ele, dando-lhe uma segunda chance. Agarrada com força e coragem. Parar? Pra quê? Motivado a sonhos, continua querendo fazer mais. “Quero ainda trabalhar muito. Trabalho sábados e domingos, porque é importante para poder crescer”. Continue assim, cara. Vencendo e ajudando outras pessoas a vencer.

Mais Notícias de Marcio Rocha
13/08/2022  04h01

Inadimplência baixa há 18 meses

30/07/2022  02h25

A conta do aumento do Auxílio Brasil já tá paga

23/07/2022  04h54

Mapa da Pobreza mostra realidade preocupante para Sergipe

16/07/2022  04h08

O outro lado da PEC. Seria ela kamikaze mesmo?

08/07/2022  10h56

E essa PEC Kamikaze?


Blogs e Colunas
Marcio Rocha
Marcio Rocha

Marcio Rocha é jornalista formado pela UNIT e radialista formado pela UFS, especialista em jornalismo econômico e empresarial, MBA em Assessoria Executiva pela Uninter, com experiência de 20 anos na comunicação sergipana, em rádio, impresso, televisão, online e assessoria de imprensa. 

E-mail: jornalistamarciorocha@live.com

O conteúdo e opiniões expressas neste espaço são de responsabilidade exclusiva do seu autor e não representam a opinião deste site.