O que fazer na Suíça que reabriu para brasileiros | Passos Pelo Mundo | F5 News - Sergipe Atualizado

O que fazer na Suíça que reabriu para brasileiros
A Suíça é um dos países mais caros da Europa, mas é possível se organizar para economizar
Blogs e Colunas | Passos Pelo Mundo 27/06/2021 08h00 - Atualizado em 14/07/2021 20h27

Depois do alarme falso da Espanha (Leia aqui), a Suíça é o primeiro país da Europa Ocidental que reabre suas fronteiras para brasileiros. O anúncio foi feito pelo órgão de promoção do país, a Switzerland Tourism, sendo que aqueles totalmente vacinados não precisarão de quarentena ou teste PCR. A reabertura aconteceu ontem, dia 26.

Então como sempre faço nas dicas de roteiros, vou contar um pouco sobre minhas experiências no país e dar dicas sobre o que fazer, como chegar, preços e quantos dias ficar. 

A Suíça é um país onde as paisagens são deslumbrantes. De vales verdes a lagos turquesa, passando pelos Alpes nevados, aproveitar o turismo na Suíça é como fazer parte de um conto de fadas. Sua força econômica se reflete no perfeito funcionamento de suas cidades que, além de contarem com a ajuda da natureza, ainda têm com uma arquitetura encantadora.

Saímos de Milão, na Itália, de ônibus até a estação de trem em Tirano, onde embarcamos no trem panorâmico Bernina. O trajeto é a grande atração da viagem de tirar o fôlego até a cidade conhecida por ser um resort de luxo. 

Ainda nos pés dos Alpes, a vegetação é verdinha e a cada vez que subimos o chão vai ficando cada vez mais coberto de neve. E olha que ainda era outono! 

Ao chegar em St. Moritz você vai ser impressionar pela suas paisagens desenhadas pelas montanhas que ficam a 1856 metros acima do mar, natureza exuberante e o sol que brilha mais do que qualquer outro destino na Suíça.

A cidade foi o berço do turismo de inverno alpino e palco de duas edições dos Jogos Olímpicos de inverno. Seu destaque se deve originalmente a importância das suas fontes de águas medicinais, já conhecidas há 3000 anos. Por lá, tem também hotéis de luxo, lagos azul-turquesa nas montanhas e spas. 

O vilarejo está situado na região de Engadina na Suíça e tem como idioma oficial o alemão, mas muitos falam italiano, já que está bem próximo a fronteira da Itália.

Como eu não sei esquiar e não tinha orçamento para um spa de luxo, fiz caminhadas pelo lago e florestas na minha estadia por lá. Fiquei encantada com as árvores salpicadas de neve e com casinhas no meio do caminho. E o melhor, essa é uma atividade gratuita.

E é claro que passeei pelo centro de St. Moritz.  Você vai ficar impressionado com a quantidade de lojas de grife que vai encontrar por lá e com os preços das vitrines. Na praça central, é possível encontrar a Prefeitura, a Biblioteca Pública, lojas, hotéis e restaurantes.

Para não ter que pagar em um almoço 50 francos suíços (que é mais valorizada que o Euro), a refeição ficou por conta de uma salada com frango comprada em um supermercado. Mas de sobremesa, não deixe de experimentar a famosa torta de noz de Engadina, um dos símbolos da gastronomia suíça, que você poderá encontrar em praticamente todas as esquinas. Trata-se de uma torta sem requintes que usa sabores simples como mel, nozes, manteiga e creme de leite e que cai muito bem com café, para aquecer o corpo no frio andino.

Eu fiz o passeio por uma agência italiana. Mas é possível fazer por conta própria também. Vou deixar o link da Dani Tour, que ela ensina mais detalhes sobre como fazer esse passeio: Confira aqui!

Outros destinos na Suíça
A Suíça é pequena, mas a quantidade de destinos imperdíveis é enorme. Se você pretende aproveitar a reabertura para fazer alguns roteiros por lá, o ideal é escolher uma cidade ou mais para visitar, a depender da sua disponibilidade de tempo e de orçamento.  Zurique é a metrópole suíça; Lucerne é a capital da Suíça central e uma das cidades mais visitadas; Genebra é conhecida como a capital da paz por abrigar associações como a ONU e a Cruz Vermelha; Montreux é conhecida como a cidade da música e é onde fica o famoso castelo “Chateau di Chillon”; Berna é a capital da Suíça e cidade medieval tombada como patrimônio histórico da UNESCO; Basiléia é a capital cultural da Suíça e porta de entrada no país voando de low cost e Lugano é a maior e principal cidade de Ticino, a parte italiana da Suíça.

Outro atrativo imperdível são as rotas de trem panorâmica. O país é  mundialmente famoso pelas suas rotas cênicas de trem. Além do Bernina que conheci, tem o Glacier Express ( de Zermatt a St. Moritz ou vice-versa) e o Golden Pass (de Lucerne a Montreux ou vice-versa). E, claro, não deixe de conhecer uma das cidades alpinas como St. Moritz que visitei; Zermatt (a vila onde se encontra a montanha Toblerone) ou Interlaken (a capital da aventura na Suíça).

Confira abaixo todas as condições para a entrada de brasileiros:

Brasileiros totalmente vacinados, com 1ª e 2ª dose aplicadas até 11 dias antes da viagem, atualmente BioNTech, Moderna, Pfizer, Janssen, AstraZeneca, Sinovac, Sinopharm e Serum Institute of India, poderão entrar na Suíça isentos de quarentena e/ou teste PCR;

Brasileiros que comprovadamente se recuperaram da doença até 11 dias antes da viagem terão permissão para entrar na Suíça sem precisar fazer o teste ou quarentena também;

Brasileiros que não foram vacinados nem se contaminaram/recuperaram devem apresentar teste de PCR negativo ou teste rápido de antígeno e entrar em quarentena de 10 dias na chegada.

Mais Notícias de Passos Pelo Mundo
Palestra sobre a retomada do turismo no Brasil e em Sergipe
21/11/2021  08h00 Palestra sobre a retomada do turismo no Brasil e em Sergipe
A rua mais bonita do mundo é toda arborizada e recebeu esse título de um blog português
26/09/2021  08h00 Você sabia que a rua mais bonita do mundo fica em Porto Alegre?
Mostraremos em vídeo um pouco da história e arquitetura de Salvador
12/09/2021  08h00 Escolha sua praia na Linha Verde e combine com um passeio pela história de Salvador
Vídeo mostra o que fazer em São Paulo em um dia
29/08/2021  08h00 Vídeo mostra o que fazer em São Paulo em um dia
Como economizar em uma viagem para Gramado
15/08/2021  08h00 Como economizar em uma viagem para Gramado

Blogs e Colunas
Passos Pelo Mundo
Passos Pelo Mundo

Carla Passos é Jornalista, especializada em Turismo e apaixonada por história, flores, textos e coisas inspiradoras. Adora sol, mar, fotografia, doce da padaria, dançar, e sonhar… Na infância, ainda morando em Salvador, meu principal hobbie era ir ao aeroporto ver os aviões partirem. Eu sempre dizia que um dia eu estaria dentro daqueles aviões. Antes de completar 15 anos, eu dizia aos meus pais: não quero festa, quero viajar de avião para o Rio de Janeiro. Foi minha primeira viagem de avião! Trabalhei anos com essa editoria, mas atualmente estou na editoria de política, minha segunda paixão. Assim o turismo virou um hobbie. E de lá pra cá já conheci quase todos os estados do Brasil e 25 países.

Instagram: @passospelomundo_

E-mail: carla.jornalista@hotmail.com

O conteúdo e opiniões expressas neste espaço são de responsabilidade exclusiva do seu autor e não representam a opinião deste site.