A partir de julho, serviços do INSS serão acessados só por internet
Ida às agências ocorrerá apenas em casos de exigência específica
Brasil e Mundo| Por Agência Brasil 22/05/2019 16:05 - Atualizado em 22/05/2019 15:22

Até julho, todos os serviços relacionados à Previdência Social serão acessados apenas por canais digitais e eletrônicos e pelo número de atendimento telefônico 135. O segurado só terá necessidade de ir à agência em caso de exigência específica, como na complementação de documentação ou para fazer perícia para auxílio-doença, com agendamento feito pela internet.

A informação é do secretário de Governo Digital do Ministério da Economia, Luis Felipe Monteiro, em entrevista ontem (20) ao programa Brasil em Pauta, da TV Brasil.

Segundo o ministério, ao todo 90 serviços serão digitalizados. Entre eles, a solicitação de aposentadoria por tempo de contribuição, recebimento de salário-maternidade, obtenção de extrato de pagamento de benefício e geração de guia da Previdência.

“Estamos em um projeto de transformação digital da Previdência. Todos os requerimentos, todos os serviços do INSS [Instituto Nacional do Seguro Social] estarão disponíveis nos canais digitais de forma simples, para que o cidadão tenha todas as informações na primeira tela, com ícones intuitivos”, disse Monteiro.

O cidadão poderá acessar os serviços pelo site do instituto ou pelo aplicativo Meu INSS. O secretário informou que o objetivo é facilitar o atendimento pelo número 135, automatizando os procedimentos.

Agências

O segurado só terá necessidade de ir às agências da Previdência em caso de exigência específica, como na complementação de documentação. Também há casos em que será necessário se deslocar, como para fazer perícia dentro do processo e obtenção do auxílio-doença. Contudo, o agendamento desse procedimento pode ser feito pela Internet.

Até 2020, de acordo com o secretário, a meta é que mil serviços de diversas áreas do governo sejam digitalizados. Entre os objetivos, está a unificação dos canais digitais. Em abril, o governo anunciou a unificação dos sites de órgãos vinculados ao Executivo ao portal GOV.BR.

Segundo Monteiro, com isso, a expectativa é economizar até R$ 100 milhões que eram gastos com a manutenção das páginas de ministérios e outros órgãos da administração direta. Ele acrescentou que, dentro das iniciativas de transformação digital do governo, também está prevista a disponibilização de processos facilitados para abertura de empresas pela Internet.

“Um serviço digital oferecido no canal digital é 97% mais barato do que o mesmo serviço oferecido pro um canal presencial. Esses serviços são mais baratos, mais rápidos e mais agradáveis para os clientes”, afirmou.

Mais Notícias de Brasil e Mundo
23/09/2019 07:44 Com projeto para filtrar água, brasileira é 1ª a ganhar prêmio da ONU
Premiação será entregue durante Assembleia Geral da ONU nesta terça
23/09/2019 07:42 Universidades oferecem serviços gratuitos à população nesta semana
Entre as atividades estão consultoria jurídica e assistência à saúde
23/09/2019 06:55 PMs serão ouvidos em investigação sobre morte de menina de 8 anos
22/09/2019 10:55 Especialistas alertam sobre riscos de algoritmos para prever hábitos 
Tema é abordado em Seminário de Proteção à Privacidade aos Dados Pessoais
22/09/2019 08:24 Policial militar é baleado com tiro de fuzil na cabeça no Rio de Janeiro
O estado de saúde do policial é grave, diz Secretaria de Saúde