Adoção do ponto eletrônico impresso é adiada pela quinta vez | F5 News - Sergipe Atualizado

Adoção do ponto eletrônico impresso é adiada pela quinta vez
Brasil e Mundo 28/12/2011 10h51

O Ministério do Trabalho adiou pela quinta vez a adoção do ponto eletrônico impresso pelas empresas e fixou datas entre os meses de abril e setembro para a entrada em vigor, de acordo com setores de atividades econômica. O ponto eletrônico passaria a valer a partir de 1º janeiro de 2012. As novas datas estão em portaria publicada hoje (28) no Diário Oficial da União.

Ao prorrogar o prazo, o texto da portaria cita as dificuldades operacionais ainda não superadas em alguns segmentos da economia para implantação do Sistema de Registro Eletrônico de Ponto.

A partir do dia 2 de abril de 2012, o novo ponto eletrônico passa a valer para as empresas que exploram atividades na indústria, no comércio em geral e no setor de serviços, incluindo, entre outros, os financeiros, de transportes, de construção, de comunicações, de energia, de saúde e de educação.

Em 1º de junho do próximo ano, a obrigatoriedade entra em vigor para as empresas que exploram atividade agroeconômica. A partir de 3 de setembro de 2012, valerá para as microempresas e empresas de pequeno porte.

A adoção do ponto eletrônico vem gerando divergências entre os setores sindicais e as confederações patronais. Para os sindicatos, exigência vai evitar que os trabalhadores façam horas extras e não recebam por elas. Já as entidades sindicais patronais argumentam que a adoção do ponto eletrônico pode gerar altos custos, principalmente para as pequenas empresas. Segundo o Ministério da Trabalho, a regra está sendo adotada para evitar fraudes na marcação das horas trabalhadas.

Mais Notícias de Brasil e Mundo
Pixabay/Ilustrativa
15/08/2022  22h30 Cientistas devolvem visão a pacientes usando córneas de pele de porco
20 pessoas se submeteram ao experimento; 14 eram cegas e tiveram a visão restaurada
Divulgação/Acnur
14/08/2022  19h00 Dia dos Pais: separações e reencontros marcam refugiados no Brasil
Os pedidos de refúgio levam em média dois a três anos para serem analisados
Daily Mail/ reprodução
14/08/2022  15h43 Um mês após fuga, ladrão é achado dentro de urso de pelúcia gigante
Policiais procuravam pelo suspeito quando perceberam que urso "estava respirando"
Reprodução/ Instagram
14/08/2022  11h40 Policial que matou Leandro Lo foi a boate e motel após o crime
Policial consumiu R$ 1,6 mil em uma boate e passou a noite em um motel acompanhado
Reprodução/ Redes sociais
14/08/2022  11h00 “Minha irmã falou: ‘Anestesista abusou de você'”, diz mulher estuprada
Câmeras instaladas em sala de cirurgia flagraram médico estuprando grávida