Saúde
Oncologista alerta sobre prejuízos de boatos no tratamento do câncer
Falhas no atendimento contribuem para deixar pacientes ainda mais vulneráveis
Brasil e Mundo| Por Agência Brasil 09/11/2018 10:33

A vulnerabilidade, a falta de acesso a um atendimento de qualidade e a grande circulação de informações sem base científica têm prejudicado o tratamento do câncer. O alerta é feito pela psicooncologista Luciana Holtz, fundadora de uma organização, a Oncoguia, que se dedica a prestar informações de qualidade aos pacientes.

Segundo ela, terapias alternativas, que não têm qualquer comprovação científica mas que prometem milagres, têm circulado com muita velocidade e podem atrasar ou mesmo fazer com que haja desistência de tratamentos.

“Tem sempre a receita da moda, o suco de graviola, o noni, o suco de cenoura, que poderiam ser receitas inofensivas, mas que são vendidas como receitas que curam. O que a gente vê é um impacto gigantesco no paciente, que considera inclusive a troca do tratamento tradicional”, disse.

O tema foi um dos destaques do Congresso Internacional de Oncologia D’or, realizado no Rio de Janeiro. Entre as notícias falsas que promovem confusão está também a que diz que ao fazer mamografia, as mulheres precisam proteger o pescoço porque há risco de câncer de tireoide, o que na verdade prejudica a imagem e o posterior diagnóstico. Outra é a que diz que usar desodorante causa câncer de mama, tese sem qualquer comprovação científica.

Luciana destaca também que as falhas no atendimento do sistema de saúde contribuem para deixar as pessoas ainda mais vulneráveis às informações falsas.

“A situação às vezes fica desesperadora. Você fica ali, esperando para se tratar, completamente fragilizado, inseguro, as pessoas acabam recorrendo ao que está disponível”, afirmou.

A médica orienta que os pacientes busquem sempre informações oficiais de institutos, organizações e serviços de saúde que trabalham com câncer. A Oncoguia também disponibiliza um telefone gratuito para esclarecimento de dúvidas. O número é 0800 773 1666.

Mais Notícias de Brasil e Mundo
17/11/2018 16:28 Quase metade dos órgãos federais não tem unidades contra corrupção
Entre os 79 entes federais que ainda não indicaram ter criado a unidade gestora estão a Presidência e a Vice-Presidência da República
17/11/2018 11:46 Jungmann e Toffoli anunciam sistema que unifica processos de presos
Com sistema, juiz pode saber se preso tem condenação em outro estado
17/11/2018 11:35 Defensoria Pública pede à Justiça manutenção de regras do Mais Médicos
Após exigências do governo brasileiro, acordo foi rompido por Cuba
17/11/2018 11:30 Mais de 900 médicos fazem prova do Revalida neste fim de semana 
O exame reconhece diplomas de médicos que se formaram no exterior e querem trabalhar no Brasil
16/11/2018 13:15 Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
Levantamento da ONU mostra que 2,7 mil mulheres foram assassinadas