Justiça
Acusado de matar o professor Filadelfo vai a júri popular em Aracaju
Depoimentos de testemunhas reforçam motivação do crime por ciúmes
Cotidiano| Por F5 News 11/01/2019 13:41 - Atualizado em 12/01/2019 09:32

Aconteceu nesta sexta-feira (11) o julgamento do tatuador José Yuri Souza Cruz, acusado pela morte do professor de educação física Filadelfo Brandão de Santana, 45 anos, assassinado em fevereiro de 2016, dentro do seu veículo em uma via pública da zona norte de Aracaju (SE).

O júri popular foi realizado na 5ª Vara Criminal do Fórum Gumersindo Bessa. Até o começo da tarde, cinco testemunhas já tinham sido ouvidas, entre elas a ex-namorada de Yuri. No depoimento, ela voltou a afirmar que, na época do crime, estava separada do réu e mantinha um relacionamento com o professor há cerca de vinte dias.

Segundo a jovem, movido por ciúmes, José Yuri teria tido acesso ao aparelho celular dela e viu mensagens trocadas com José Filadelfo. Essas circunstâncias teriam motivado o crime, entendimento reforçado na denúncia do Ministério Público, que acrescentou o fato de que o rapaz confessou a prática do homicídio doloso (com intenção) qualificado pelo motivo fútil (ciúmes) e por ter sido cometido mediante emboscada e em circunstâncias que impossibilitaram reação ou defesa à vítima.

José Yuri, que já havia sido preso um ano antes por porte ilegal de arma de fogo, foi o último a ser ouvido nesta audiência. No final da tarde, o conselho de sentença decidiu pela condenação do réu que recebeu uma pena de 17 anos em regime fechado. A defesa deve recorrer da decisão. 

O segundo réu, Danilo Santos de Santana, acusado pelo Ministério Público como condutor da motocicleta que deu fuga a José Yuri Souza Cruz no dia do crime, ganhou o direito de recorrer da denúncia em liberdade e teve seu processo desmembrado. Segundo a promotoria, ele faleceu na fase de instrução processual. 

Mais Notícias de Cotidiano
19/03/2019 14:00 Ministério Público inspeciona e apreende frangos em feira livre de Aracaju
A previsão é que os balcões frigoríficos já estejam em funcionamento no mês de agosto
19/03/2019 12:59 PMA entra na Justiça contra Deso por abrir buraco em avenida
19/03/2019 11:11 Acusado de matar esposa por asfixia em Aracaju segue em prisão preventiva
Polícia aguarda laudo médico para conclusão; mãe da vítima contesta versão do autor do crime
19/03/2019 11:09 Forró Siri: Prefeitura realizará cadastro dos ambulantes
19/03/2019 09:49 Polícia Civil prende autor do assassinato de advogado em 2013, em Aracaju
Acusado conseguia falsificar novas identificações, o que dificultou sua prisão