Adolescente sergipano que passou em Medicina na UFS lançará livro | F5 News - Sergipe Atualizado

Adolescente sergipano que passou em Medicina na UFS lançará livro
Aos 15 anos, garoto dá dicas de como ser aprovado no vestibular
Cotidiano 20/10/2015 10h28

Da Redação

Com apenas 15 anos, o estudante José Victor Menezes Teles, do Colégio Estadual Murilo Braga, em Itabaiana (SE), virou notícia nacional. Após passar em Medicina na prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), para a Universidade Federal de Sergipe, o garoto agora pensa em ampliar seus horizontes e entrar no mundo da literatura.

Em 2014, aos 14 anos, José Victor obteve 751,16 pontos no Enem, sendo 960 na redação, enquanto estudava no 1º ano do Ensino Médio. E para contra essa história, no intuito de desmistificar as provas do exame, o adolescente escreveu um livro que será lançado no início de novembro pela Editora Foz. A obra tem 14 capítulos, 168 páginas, e recebeu o título “Como vencer aos 14 — Quebrando mitos e desafios do Enem”. No livro, seis capítulos são dedicados para o Enem.

Ao ser reconhecido no país, o adolescente percorreu vários estados para dar palestras sobre sua história. José Victor conta que muitos curiosos não cessavam em fazer perguntas sobre como chegou ao resultado e em pedir dicas para a prova. Por causa disso, ele começou a escrever um livro por conta própria. “Ao falar sobre isso em entrevistas, o pessoal da editora entrou em contato para que o material pudesse ser lançado”, conta. 

Para a responsável pela Editora Foz, Isa Pessoa, o garoto é um aluno brilhante, astuto, soube superar as dificuldades financeiras e tem muito a ensinar.

José Victor afirma que começou a se preparar para o Enem desde o 1º ano buscando provas anteriores e ficando atento ao modelo de exame, com o objetivo de passar no vestibular assim que terminasse o 3º ano. Para ele, a sua maturidade foi o atributo para o resultado obtido, além de ter buscado resolver as questões, ao invés de decorar os assuntos cobrados.

Somente após entrar na Justiça, o garoto conseguiu o direito de cursar Medicina, já que mesmo com a alta pontuação no Enem, Victor ainda não havia concluído o ensino médio exigido pela UFS no ato da matrícula. A decisão foi tomada pelo juiz Alberto Correia Leite que o autorizou a fazer uma prova de proficiência aplicada pela Secretaria de Educação de Sergipe (Seed). A prova foi realizada com sucesso pelo estudante e a Seed entregou o certificado de conclusão de ensino médio a José Victor, o que garante o seu acesso à UFS. Agora, ele aguarda o início das aulas que deve iniciar somente em janeiro de 2016, em função da greve.

Com informações de O Globo

Foto: Marcos Rodrigues / ASN 

Mais Notícias de Cotidiano
Acidente em Nossa Senhora da Glória (SE) faz uma vítima fatal
16/09/2021  17h58 Acidente em Nossa Senhora da Glória (SE) faz uma vítima fatal
Morreu o motorista de um Celta Spirit, que bateu na rampa de acesso a uma casa
Metrópoles/Reprodução
16/09/2021  17h41 “Inoportuno”, dizem especialistas sobre recuo na vacinação de adolescentes
Especialistas temem que decisão do Ministério da Saúde cause alarde e desinformação
MPF denuncia sete pessoas por fraude no Hospital de Campanha de Aracaju
16/09/2021  17h37 MPF denuncia sete pessoas por fraude no Hospital de Campanha de Aracaju
Segundo a investigação, o dano aos cofres do Município ultrapassa R$ 770 mil
Denarc prende dois homens e apreende R$ 50 mil em drogas sintéticas
16/09/2021  17h31 Denarc prende dois homens e apreende R$ 50 mil em drogas sintéticas
Entorpecente foi apreendido em Amparo de São Francisco e chegou a Sergipe pelos Correios
SSP/SE/Reprodução
16/09/2021  17h10 Corpo de adolescente é localizado em cisterna em São Cristóvão
Jovem de 16 anos, morador do Jabotiana, estava desaparecido desde o dia 10