Advogada agredida em festa no município de Itabaiana fala sobre o trauma | F5 News - Sergipe Atualizado

Denúncia
Advogada agredida em festa no município de Itabaiana fala sobre o trauma
Luciana teve o nariz quebrado por um homem após recusar se relacionar com ele
Cotidiano | Por Lucas Sá 21/06/2022 11h20 - Atualizado em 21/06/2022 11h20


Nesta segunda-feira (20), a advogada criminalista Luciana Costa, que foi agredida na Festa dos Caminhoneiros no município de Itabaiana (SE), falou pela primeira vez após o ocorrido em entrevista ao programa Cidade Alerta da TV Atalaia, filiada a Rede Record em Sergipe. Segundo ela, a recuperação tem sido bem sucedida, porém os maiores desafios estão relacionados ao traumas gerados pela agressão.

“Eu não posso ficar sozinha em nenhum instante, pois a fratura do meu nariz inicialmente foi em quatro pedaços e, quando eu fui para o centro cirúrgico, me falaram que meu nariz estava totalmente fragmentado, ou seja, teve de ser reconstituído. Estou dormindo com duas pessoas, pois o trauma psicológico foi enorme e, mesmo sendo dopada para dormir melhor a cada 30 minutos, eu tenho pesadelos”, relatou Luciana.

A advogada está sendo acompanhada de perto pelos familiares e por uma equipe de profissionais, após uma delicada cirurgia que reconstruiu seu nariz. “Estou tentando me recuperar, pois desde que o fato aconteceu na semana passada me gerou a pior dor que não é a física, mas a dor no coração. Passar por uma violência gratuita não é nada fácil e agora estou sendo acompanhada por profissionais, inclusive até 24 horas por dia. A dor é enorme, porém tenho muita gente boa do meu lado me apoiando”, disse.

Relembre a agressão

A advogada Luciana Costa precisou ser hospitalizada na madrugada da última segunda-feira (13), após ser vítima de agressão e importunação sexual durante a Festa dos Caminhoneiros de Itabaiana, município do agreste sergipano. Ela havia se recusado a dançar e se relacionar com um homem.

O indivíduo identificado como, Alex Gomes dos Santos é acusado de desferir um soco no rosto de Luciana, que inicialmente fragmentou o nariz da mulher em quatro pedaços, sendo posteriormente constatadas múltiplas fragmentações.

O homem de 21 anos, natural de São Bernardo do Campo (SP), se apresentou no dia seguinte na Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis de Itabaiana (DAGV) para prestar depoimento e foi liberado.

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Cotidiano
TSE/Reprodução
04/07/2022  21h15 TSE apresenta à imprensa projeto de divulgação da totalização de votos
Cerca de 60% dos testes para covid-19 são positivos em Sergipe
04/07/2022  19h45 Cerca de 60% dos testes para covid-19 são positivos em Sergipe
SSP / reprodução
04/07/2022  17h30 Motorista sem habilitação se envolve acidente e uma vítima é hospitalizada
SMS/ reprodução
04/07/2022  15h53 Aracaju segue vacinando contra covid-19 e influenza
Rede social / reprodução
04/07/2022  14h52 Homem confessa homicídio praticado durante a festa do mastro em Capela