Aracaju registra 537 casos de reações adversas à vacina contra covid-19 | F5 News - Sergipe Atualizado

Aracaju registra 537 casos de reações adversas à vacina contra covid-19
Pacientes relatam dor de cabeça, no corpo e febre após receber o imunizante
Cotidiano | Por Laís de Melo 03/05/2021 09h12 - Atualizado em 03/05/2021 14h36

A Secretaria Municipal da Saúde de Aracaju recebeu 537 notificações de reações adversas à vacina contra a covid-19, até o momento. De acordo com a coordenadora do Centro de Informação Estratégica de Vigilância em Saúde (Cievs), Larissa Ribeiro Lobo, os eventos de reações são relatados por meio de um formulário disponível no site da Prefeitura, onde 214 casos foram comunicados por este meio, e também pelo e-Sus, que recebeu 323 notificações.

“Para não haver duplicação de informação, nós pegamos os bancos de dados e verificamos se já existe o relato do paciente no relatório do Sus Notifica. O paciente com sintomas de reações adversas também pode procurar a Unidade Básica de Saúde em que se vacinou, onde haverá também essa notificação”, explica a coordenadora. 

O aracajuano Erick da Cruz Santos foi um dos pacientes que teve reação à vacina contra o coronavírus. Ele foi imunizado com a vacina do laboratório da Oxford/AstraZeneca e conta que após 12 horas os sintomas começaram. 

“Tive febre de 39ºC, calafrio, dor no corpo e dor de cabeça”, relata o jovem, que trabalha na área hospitalar em Aracaju. 

A recepcionista Claudia Oliveira Rosa passou duas noites difíceis após ser vacinada com a AstraZeneca. “Eu tomei a vacina às 10h30. Por volta das 14h30 a dor de cabeça começou. Senti muito calafrio durante à noite e no dia seguinte tive diarréia. Já estava pensando em ir para o posto de saúde, mas, após a segunda noite, os sintomas passaram”, disse. 

Apesar de relatarem os sintomas, Erick e Claudia não procuraram uma unidade de saúde para registrar oficialmente, o que significa que o quantitativo de casos pode ser maior do que o informado pela rede pública de saúde. 

Conforme a Secretaria Estadual da Saúde, todos os casos suspeitos de efeito adverso após qualquer vacina devem ser investigados por avaliação do serviço de saúde e da notificação do caso. Porém, é necessário haver o registro oficial para a apuração. O órgão reforça que sintomas como dor de cabeça, dor no corpo ou febre devem ser relatados. 

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Cotidiano
Chuvas em novembro superam média histórica em Aracaju
27/11/2021  12h14 Chuvas em novembro superam média histórica em Aracaju
Energisa desmente fake news sobre manutenção programada em Sergipe
27/11/2021  12h04 Energisa desmente fake news sobre manutenção programada em Sergipe
Vazamento abre cratera e carro é engolido na zona de expansão de Aracaju
27/11/2021  08h53 Vazamento abre cratera e carro é engolido na zona de expansão de Aracaju
Ex-presidiário morre em confronto com policiais do Denarc em Aracaju
27/11/2021  07h00 Ex-presidiário morre em confronto com policiais do Denarc em Aracaju
Agência Sergipe/Reprodução
26/11/2021  22h00 Sergipe registra 5 casos de Covid e um óbito nesta sexta-feira (26)