Construtora atrasa obra e clientes ficam no prejuízo na Barra dos Coqueiros | F5 News - Sergipe Atualizado

Sergipe
Construtora atrasa obra e clientes ficam no prejuízo na Barra dos Coqueiros
Segundo denúncia de compradora, prazo foi de outubro de 2021 para dezembro de 2022
Cotidiano | Por Laís de Melo 17/01/2022 21h45 - Atualizado em 18/01/2022 14h37


Futuros moradores de um empreendimento imobiliário da Barra dos Coqueiros estão insatisfeitos com o atraso de mais de um ano na entrega da obra. A sergipana Rosemeire Oliveira é uma das prejudicadas com o atraso no prazo de entrega do apartamento que adquiriu. Segundo ela conta, a construtora paralisou a construção em meados de dezembro de 2021 e até o momento não retomou. 

Ainda conforme Rosemeire, no primeiro comunicado enviado aos compradores foi dito o novo prazo para entrega do empreendimento seria abril de 2022. No entanto, um novo prazo limite foi informado recentemente: a obra só será entregue em dezembro de 2022, um atraso de um ano e dois meses, já que a previsão de entrega era para outubro de 2021.

Para piorar, segundo Rosemeire, mesmo com a construção parada, os futuros moradores continuam pagando por taxas de obra à Caixa Econômica Federal. 

“É revoltante isso. Todos os clientes do empreendimento estão indignados. Estamos nos virando para pagar nossas obrigações em dia, muitos moram de aluguel e não temos informações concretas, nem da Caixa, nem da Nassau, sobre o que ocorreu, quando retorna a obra, se a própria Nassau vai entregar ou se será acionado o seguro pela Caixa, ou se outra empresa vai assumir a obra”, disse a compradora ao F5News. 

Ainda segundo Rosemeire, há uma informação de que a empresa está em recuperação judicial, no entanto, nada foi informado oficialmente aos compradores até o momento. “Nem a Nassau nem a Caixa nos informa a respeito do que vem ocorrendo”, disse. Segundo ela, no total são 204 clientes aguardando pela entrega do imóvel. 

F5News tentou contato com a assessoria de Comunicação da Construtora Nassau por meio do número de telefone disponível no site. A atendente solicitou o telefone da reportagem e disse que o advogado da empresa entraria em contato em seguida para esclarecer os fatos. No entanto, até o horário de publicação desta matéria, não foi dado retorno. O portal permanece à disposição.

A Assessoria de Comunicação da Caixa Econômica disse ao F5News que como a empresa entrou com pedido de recuperação judicial, a Instituição tem atuado em plano de ação para que dê continuidade às obras em andamento, visando sua conclusão.

"A empresa permanece nos canteiros de obras e, caso haja a paralisação dos empreendimentos, serão adotadas as providências pertinentes junto à seguradora para substituição da construtora", disse a Caixa.

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Cotidiano
Falcon FC / divulgação
18/05/2022  14h53 Falcon FC visita clubes portugueses e visa projeto de expansão
Divulgação
18/05/2022  14h50 Pais processam Apple após alerta de AirPods romper tímpanos de jovem
Divulgação
18/05/2022  12h04 Trânsito sobre a ponte do Rio Poxim, em Aracaju, fica em meia pista
Entenda por que é importante ter cuidado com os seus dados pessoais
18/05/2022  10h42 Entenda por que é importante ter cuidado com os seus dados pessoais
Saiba como denunciar crimes sexuais contra crianças e adolescentes em SE
18/05/2022  10h36 Saiba como denunciar crimes sexuais contra crianças e adolescentes em SE