Editora baiana lança livros de cinco escritores sergipanos em Aracaju | F5 News - Sergipe Atualizado

Literatura
Editora baiana lança livros de cinco escritores sergipanos em Aracaju
Lançamento ocorre às 19h desta terça-feira, na Cervejaria Uçá, no Inácio Barbosa
Cotidiano | Por Laís de Melo e Will Rodriguez 21/12/2021 13h33 - Atualizado em 21/12/2021 18h55


A editora baiana Mondrongo lança livros de cinco escritores sergipanos nesta terça-feira em Aracaju: Caderno Croqui, de Ronaldson; Atávica, de Daniela Coelho; Indecenteanas, de Marcos Moura Vieira; Estilhaços, de Jeová Santana, e Crônicas de ontem e hoje, de Juraci Costa. 

De acordo com o mantenedor da editora, Gustavo Felicíssimo, a qualidade da escrita sergipana chama atenção e reúne poetas icônicos. Para além do potencial comercial na revenda das obras, o empresário enxerga capacidade e talento nos autores da terra. Ele acredita que o próprio olhar de poeta o auxilia no reconhecimento e na escolha dos livros que serão publicados pela empresa. 

“A Mondrongo é uma editora pequena, oriunda do interior da Bahia, nascida em Ilhéus, e que tem um editor que é, antes de tudo, um poeta. Eu sou também um escritor, por isso tenho a simpatia dos meus colegas escritores”, acredita Felicíssimo. 

[GALERIA][/GALERIA]

Ainda segundo o poeta, a Mondrongo já publicou livros de autores premiados nos mais importantes concursos da Literatura Brasileira no mundo. “Já tivemos livros finalistas do Prêmio Jabuti e vencedores do Prêmio Alphonsus de Guimaraens, da Biblioteca Nacional. Já tivemos um livro vencedor do Prêmio Rio de Literatura, além de prêmios da União Brasileira de Escritores (UBE)”, conta Gustavo ao F5News. 

Essa não é a primeira vez que a editora lança trabalho de autor sergipano: já foi publicada a obra reunida da poeta Iara Vieira pela Mondrongo.

De acordo com o mantenedor, há 11 anos a editora promove vendas fixas em espaços físicos pontuais e via internet. “Eu tenho três ou quatro casas livreiras onde coloco os livros dos meus autores. Tenho um portal onde vendo as obras. Inclusive, as vendas desses autores daqui foram feitas antecipadamente, numa campanha de pré-venda. Nos dias de hoje temos a possibilidade de reimpressão. Trabalhamos com baixas tiragens, dentro da capacidade, e a depender da necessidade, imprimimos o que a gente observa como demanda", explica Gustavo Felicíssimo. 

Ele antecipa a possibilidade de, muito em breve, outros autores sergipanos terem suas obras publicadas pela Editora Mondrongo, a exemplo do jornalista Jozailto Lima.

“A nossa missão é uma coisa que eu digo pra todo mundo, que somos uma editora baiana que publica literatura brasileira de excelência. É isso o que busco para a Mondrongo. Tenho a sensação que as duas maiores editoras do Brasil são a Mondrongo e a Cepe, que é a Companhia Editora de Pernambuco. Eu tenho a pretensão de transformar e fazer com que a Mondrongo seja reconhecida como a mais importante editora do Nordeste, e depois levar essas publicações para o país e também fora do país”, disse ao F5News

O lançamento está marcado para esta terça-feira (21), às 19h, na Cervejaria Uçá, localizada na avenida Tancredo Neves, 655, no bairro Inácio Barbosa.

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Cotidiano
Líder de facção que agia em municípios de SE e BA morre em confronto
23/05/2022  06h49 Líder de facção que agia em municípios de SE e BA morre em confronto
Divulgação
23/05/2022  06h26 Polícia Civil prende suspeito de furto de motocicletas na cidade de Lagarto
PC prende suspeito de dois homicídios em Nossa Senhora do Socorro
23/05/2022  06h23 PC prende suspeito de dois homicídios em Nossa Senhora do Socorro
Assessoria de Comunicação/Reprodução
22/05/2022  20h00 Laércio participa de ação do Woman's Club em Aracaju
Reprodução/TV Anhanguera
22/05/2022  17h30 Homem, de 85 anos, morre em GO com mais de 500 picadas de abelhas