Em Aracaju, 56% dos idosos internados por covid estão com vacina atrasada | F5 News - Sergipe Atualizado

Saúde
Em Aracaju, 56% dos idosos internados por covid estão com vacina atrasada
Na capital, 16% dos internados não tem nenhum registro de vacinação
Cotidiano | Por Agência Aracaju 21/01/2022 17h00 - Atualizado em 22/01/2022 09h45


De acordo com levantamento feito pela Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), 16% das pessoas internadas em Aracaju por covid-19 nos dois últimos meses não têm nenhum registro de vacina.

Entre dezembro de 2021 e os primeiros 20 dias deste ano, 48 pessoas foram internadas na capital, sendo 30 idosos, o equivalente a 62,5% dos internamentos nesse período. Desse total, 17 foram internados com a dose de reforço pendente, o que corresponde a 56% dos idosos internados.

Conforme o boletim desta quinta-feira (20), a capital sergipana registra 524.345 aracajuanos vacinados com a primeira dose (83,95%) e 481.380 com a segunda dose (85,56%), mas considerando a população vacinável a partir dos 12 anos, ainda há cerca de 40 mil pessoas que não receberam nenhuma dose contra a covid-19.

Os pacientes internados e sem registro de vacina contra a covid-19 têm idade entre 21 e 59 anos. Já os que foram hospitalizados sem a dose de reforço recebida têm idade entre 20 e 60 anos, com maior percentual de idosos.

“Já temos verificado essa relação das internações com a falta da vacinação ou ainda o esquema vacinal incompleto em muitas cidades pelo país. A população não pode deixar de buscar sua dose de reforço, pois já temos estudos comprovando sua importância, principalmente numa fase de transmissão da variante ômicron e aumento nos casos de síndromes gripais, o que resulta na alta procura por atendimento nas unidades de saúde”, destaca a secretária da Saúde de Aracaju, Waneska Barboza.

A gestora reforça ainda que, ao completar o esquema vacinal com a dose de reforço e aumentar o nível de proteção, esse movimento tende a reduzir a sobrecarga do sistema de saúde. “Estão aptos a receber a dose de reforço todas aquelas pessoas vacinadas com a segunda dose há quatro meses. Basta conferir o cartão de vacinação e com quatro meses completos, buscar a Unidade Básica de Saúde mais próxima para se vacinar”, orienta Waneska.

Acesso à vacinação

A secretária da Saúde de Aracaju elenca, ainda, as estratégias mais recentes desenvolvidas pela Prefeitura, visando alcançar o maior número de pessoas na campanha de vacinação contra a covid-19. “Estamos com a vacinação disponível em todas as UBSs e o drive no Parque da Sementeira, com o retorno das aulas retomaremos a vacinação nas escolas e ainda estamos fazendo a busca ativa, com o ‘Carro da Vacina’ nos bairros com menor índice de vacinados”, declarou Waneska.

A vacina contra a covid-19 (D1, D2 e dose de reforço) está disponível nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) para a população em geral. Já as crianças a partir dos 5 anos que têm comorbidades, a vacinação está sendo ofertada em oito UBSs: Carlos Hardman (Soledade), Carlos Fernandes (Lamarão), José Machado (Santos Dumont), Joaldo Barbosa (América), Ávila Nabuco (Médici), Amélia Leite (Suissa), Geraldo Magela (Orlando Dantas), João Bezerra (Areia Branca). As crianças com 11 anos completos e sem comorbidades também estão sendo vacinadas nesses pontos.

Mais Notícias de Cotidiano
Falcon FC / divulgação
18/05/2022  14h53 Falcon FC visita clubes portugueses e visa projeto de expansão
Divulgação
18/05/2022  14h50 Pais processam Apple após alerta de AirPods romper tímpanos de jovem
Divulgação
18/05/2022  12h04 Trânsito sobre a ponte do Rio Poxim, em Aracaju, fica em meia pista
Entenda por que é importante ter cuidado com os seus dados pessoais
18/05/2022  10h42 Entenda por que é importante ter cuidado com os seus dados pessoais
Saiba como denunciar crimes sexuais contra crianças e adolescentes em SE
18/05/2022  10h36 Saiba como denunciar crimes sexuais contra crianças e adolescentes em SE