Saúde
Em Sergipe, 192 mil pessoas ainda não se vacinaram contra a gripe
Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe está na reta final
Cotidiano 22/05/2019 08:37

A 10 dias do término, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), através no Núcleo de Imunização, informa que a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza imunizou, até esta data, 66,07% da população sergipana. De 567.774 pessoas, o estado de Sergipe vacinou, até o momento, 375.133, de acordo com o sistema de informações do Departamento de Informática do SUS (Datasus), do Ministério da Saúde (MS), um resultado abaixo do esperado. A campanha vai até 31 de maio.

A cobertura por grupo prioritário aparece no sistema da seguinte forma: 86,03% dos Indígenas já receberam a vacina, 72,47% das puérperas, 72,41% dos idosos, 70,39% dos professores, 66,63% dos trabalhadores da saúde, 66,53% das pessoas que apresentam comorbidades, 66,07% das gestantes, 66% das crianças com 6 meses a menores de 6 anos, 23,24% dos policiais civis e militares, bombeiros e membros ativos das forças armadas, esses acrescentados ao grupo, pelo Ministério da Saúde, após o início da campanha, 18,94% da população privada de liberdade e 16,19% dos funcionários do sistema prisional.

Já por Região de Saúde, Propriá vacinou 81,01% da população, Itabaiana 75,34%, seguida de Nossa Senhora da Glória com 75,11% da população imunizada, Estância aparece com 74,01%, Nossa Senhora do Socorro imunizou 69,28%, Lagarto 62,05% e Aracaju 56,28%.

“Faltando 10 dias para o término da Campanha existe uma preocupação da SES em relação à cobertura vacinal porque até o momento vacinamos 66% da população e ainda faltam 24%, espalhados em todos os grupos. Não conseguimos atingir, ainda, nenhum grupo e a preocupação maior é com os grupos da criança e do idoso. Então, fazemos aqui um chamado para que a população não deixe para receber a vacina na última hora, isso provoca filas imensas, dificulta o atendimento, a espera é maior. Procure logo a Unidade de Saúde e receba sua vacina”, comentou a gerente de Imunização, Sândala Teles.

Vale ressaltar que, caso sobrem vacinas, pessoas que não foram contempladas por não estarem no grupo prioritário, poderão ser vacinadas. “Não perca sua vacina, caso haja sobra, outro grupo vai receber essa vacina sim, porque não podemos perder. Vacina é cara e é para o grupo prioritário, mas se esse grupo não atingir 90%, nós vamos destiná-las para os outros grupos. Estamos com uma média um pouco acima da média do Ministério da Saúde, mas a gente esperava que a cobertura aqui no estado estivesse bem maior”, concluiu Sândala.

 

Fonte: Ascom SES

Mais Notícias de Cotidiano
20/08/2019 11:32 PF prende suspeito com anabolizantes e artefato explosivo em Aracaju
A estimativa é que o grupo tenha movimentado mais de R$ 200 mil em 2018
20/08/2019 10:14 Moradores reclamam da sinalização em ruas do Costa e Silva, em Aracaju
Comunidade diz que o trânsito tornou-se inseguro na região e acidentes são frequentes
20/08/2019 08:43 Dois homens são presos por tráfico de drogas na BR 235, em Socorro
20/08/2019 08:21 Motociclista morre após bater em caçamba na SE 204, em Japoatã
O acidente aconteceu no final da tarde desta segunda-feira no km 03 da rodovia
19/08/2019 20:45 Nordeste das Artes recebe escritores premiados no Hotel Sesc
Trabalho visa valorizar a produção artística e cultural dos escritores nordestinos