Feira de Lançamento de Foguetes reúne alunos de escolas estaduais | F5 News - Sergipe Atualizado

Sergipe
Feira de Lançamento de Foguetes reúne alunos de escolas estaduais
O Centro de Excelência Prefeito Joaldo Lima de Carvalho venceu com 114 metros
Cotidiano | Por Agência Sergipe 20/05/2022 20h10


O Centro de Excelência Arquibaldo Mendonça, em Indiaroba, realizou a primeira Feira de Lançamento de Foguetes, que contou com a participação de alunos de mais três escolas do Sul do estado: o Colégio Estadual Dr. Garcia Filho e o Centro de Excelência em Educação Profissional Ulysses Guimarães, localizados em Umbaúba, além do Centro de Excelência Prefeito Joaldo Lima de Carvalho, em Itabaianinha. A iniciativa, que é coordenada pelos professores Eliankir Santos Guimarães e Adriana Ferraz Brito, teve como objetivo promover o intercâmbio entre unidades de ensino que vão participar da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (Oba) e Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG).

Além da socialização de experiências, a Feira vai agraciar os melhores resultados com prêmios, medalhas e certificados. De acordo com o professor Eliankir Guimarães, que leciona Física no Arquibaldo Mendonça, a iniciativa foi pensada para a “promoção do interesse do estudante pela área de ciências da natureza e astronomia com astronauta, também como a interdisciplinaridade das áreas, além de motivar os alunos a estudar e participar das atividades da escola. Os alunos tiveram um dia de programação voltada para a Olimpíada Brasileira de Astronomia, com simulados online e videoaulas, e também aproveitaram a oportunidade para conhecer a cidade de Indiaroba e um pouco da sua cultura”, disse.

Cálculo de direção, aerodinâmica, conceitos de propulsão e combustão são alguns dos conhecimentos específicos adquiridos pelos alunos nessa atividade. É o que afirma o estudante Pedro dos Santos Luiz, do 2º ano do Ensino Médio. “Gostei muito de ter trabalhado todos esses princípios. Foi bastante divertido. Esse é um campo da ciência que estimula bastante a pessoa que gosta e se interessa. Além de ter aprendido todos esses conceitos, a gente também é motivado a ser competitivo, a querer fazer sempre o melhor e superar nossas expectativas”, enfatizou o jovem, que participa de outras ações científicas como o Clube de Programação. “É uma área com que me identifico e vejo que as oportunidades são maiores”, completou.

A escola campeã da feira foi o Centro de Excelência Prefeito Joaldo Lima de Carvalho. O lançamento da equipe vencedora alcançou 114 metros de altura. Para Márcia Beatriz Oliveira Reis, professora de Química e orientadora da equipe, a oportunidade de socializar experiências com outras escolas foi essencial, visto que os estudantes puderam adquirir mais conhecimento e noções técnicas para construção e lançamento dos foguetes. “Esse tipo de interação só vem para enriquecer nossas ações. O aluno poder sair da sua escola, conhecer outra realidade, trocar ideias com outras pessoas, conversar, e isso é extremamente importante. Outro ponto que também está sendo disseminado é o incentivo à iniciação científica, então a gente traz os alunos para esse tipo de ação e apresenta todas as possibilidades que eles podem absorver”, destacou.

O grupo que venceu a feira é formado pelos alunos Bruno Gabirel, Cauan José e Domingos Dantas. O jovem Bruno Gabriel destacou que ficou feliz com o resultado. “Foi uma experiência única porque é a primeira vez que participamos de uma competição assim”, disse ele, afirmando que é motivado por meio da eletiva “O Céu não é o limite”. Outro estudante que comemorou a conquista foi Domingos Dantas. Ele falou sobre a construção do foguete que é feito com material reciclado. “Nosso foguete foi projetado com todas as medidas corretas, colocamos 90g de bicarbonato de sódio e 250ml de vinagre, e isso fez com que ele alcançasse uma altura maior”, destacou o jovem, enfatizando que também foram feitos estudos de aerodinâmica e distribuição do peso. 

A cerimônia de premiação das equipes vencedoras vai acontecer na próxima semana. Serão reconhecidos o 1º, 2º e 3º lugares, que receberão prêmios, medalhas e certificados. As demais colocações receberão certificados de participação. 

Oba e MOBFOG

A Oba é realizada anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB), entre alunos de todos os anos do Ensino Fundamental e Médio, em todo o território nacional e no exterior, desde que por escolas de língua portuguesa. A olimpíada é dividida em quatro níveis – os três primeiros são para alunos do Ensino Fundamental e o quarto para os do Ensino Médio – e a prova é composta de dez perguntas: sete de astronomia e três de astronáutica. A maioria das questões é de raciocínio lógico. As medalhas são distribuídas conforme a pontuação obtida por cada nível. As provas serão aplicadas nesta sexta-feira, 20.

A Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG), que está na sua 16ª edição, é uma iniciativa que está relacionada com as ações da Oba. O evento avalia a capacidade dos estudantes de construir e lançar, o mais longe possível, foguetes feitos de garrafa pet, de tubo de papel ou de canudo de refrigerante. Realizada tradicionalmente nas escolas, os professores da unidade de ensino coordenarão os lançamentos dos foguetes, cuidarão de todos os aspectos da segurança do evento e medirão em número inteiro de metros os alcances obtidos pelo foguete, medido entre o ponto de seu lançamento e onde ele parou.

Mais Notícias de Cotidiano
Pixabay/Ilustrativa
04/07/2022  22h00 Neurologista indica quatro atitudes que diminuem o risco de demência
Expedição da Força Meninas está em Aracaju com teatro, oficinas e palestras
04/07/2022  21h30 Expedição da Força Meninas está em Aracaju com teatro, oficinas e palestras
TSE/Reprodução
04/07/2022  21h15 TSE apresenta à imprensa projeto de divulgação da totalização de votos
Cerca de 60% dos testes para covid-19 são positivos em Sergipe
04/07/2022  19h45 Cerca de 60% dos testes para covid-19 são positivos em Sergipe
SSP / reprodução
04/07/2022  17h30 Motorista sem habilitação se envolve acidente e uma vítima é hospitalizada