Jornalista preso por tráfico internacional de drogas consegue liberdade | F5 News - Sergipe Atualizado

Jornalista preso por tráfico internacional de drogas consegue liberdade
Cotidiano 29/10/2011 08h41

Por Márcio Rocha

O jornalista Kaike Lemoso conseguiu sua liberdade provisória ontem (28), após decisão do juiz federal Ronivon de Aragão. Kayke havia sido preso pela Polícia Federal sob suspeita de tráfico internacional de drogas na terça-feira, 25.

Emanuel Cacho, advogado de defesa do jornalista, disse que seu cliente não podia ser preso por tráfico por causa da quantidade. "A quantidade era ínfima e dava para apenas uma dose. O produto não passava de R$ 40,00 isso não é tráfico. Ele foi vítima da circunstância, não traficante", disse.

Segundo Cacho, a interpretação da Polícia Federal sobre a quantidade que foi apreendida com o jornalista era de material de fabricação, quando, na realidade era uma dose da droga.

Kaike, baiano natural de Ipiaú, recebeu uma correspondência da Espanha na qual a droga estava depositada. A Polícia Federal investigava o jornalista por causa da correspondência recebida. Kayke, que trabalha em uma agência publicitária, foi preso em flagrante. Contudo o crime deverá ser revertido para posse de substância entorpecente.


 

 

Mais Notícias de Cotidiano
Rede Social/Reprodução
24/10/2021  11h50 Motociclista morre após colisão com ônibus em Santa Luzia do Itanhy
Com a colisão, o ônibus incendiou, mas os ocupantes conseguiram sair sem ferimentos
Rede Social/Reprodução
24/10/2021  11h50 Prédio desaba em Nilópolis (RJ) deixando um morto e três feridos
Bombeiros fazem varredura nos escombros com o auxílio de cães da corporação
William Vinícius/Reprodução
24/10/2021  11h05 Homem tenta matar esposa e é baleado por cunhado no agreste de Sergipe
O suspeito esfaqueou o esposa e foi alvejado pelo irmão dela em Campo do Brito
Evento é interrompido por perturbação de sossego no Jardins, em Aracaju
24/10/2021  11h01 Evento é interrompido por perturbação de sossego no Jardins, em Aracaju
Por meio das redes sociais, artistas e participantes lamentaram o episódio
Google Maps/Reprodução
24/10/2021  11h00 Geotecnologia apoia investigações sobre crime organizado
Órgãos públicos podem aderir ao programa por intermédio do Ministério da Justiça