Jovem acusado de matar grávida é apresentado à imprensa | F5 News - Sergipe Atualizado

Jovem acusado de matar grávida é apresentado à imprensa
Cotidiano 06/09/2011 11h22

Por Jaime Neto

A Polícia Civil apresentou na manhã desta terça-feira, 06, José Alisson de Jesus Santos, 18 anos acusado de ter disparado contra a doméstica, Norma Moura Santos, 31 anos, no último sábado (03). O crime aconteceu na cidade de Alto da Divinéia, município de São Cristóvão. Ela, que estava grávida de cinco meses, morreu ao tentar defender o esposo de ser alvejado durante uma briga de bar.

“A briga começou num bar e de acordo com informações de populares, o sobrinho de José Alisson, identificado apenas como Jones queria beber fiado, mas a dona do bar recusou a venda e começou uma discussão envolvendo os clientes. Foi quando Norma e seu esposo, Aloísio José Pereira Silva entraram na briga em defesa da dona do estabelecimento. Foi então que Jones saiu para casa e buscou uma faca ‘peixeira’. ao retornar com a arma, ele veio acompanhado do tio, Alisson, que trouxe junto um revólver calibre 38 e começou a disparar contra Aloísio e Norma.”, contou o delegado, Mario Leoni.

Norma tentou salvar a vida do esposo e entrou na frente dos disparos, sendo atingida.  Encaminhada ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), tanto ela quanto a criança não resistiram aos ferimentos e faleceram na manhã do último domingo (04). Segundo o Delegado, os acusados eram conhecidos da localidade, o que facilitou a identificação policial. De acordo com Mario Leoni, Alisson foi preso na manhã de ontem, segunda-feira (05), mas o sobrinho ainda continua foragido.

“Encontramos ele no povoado Rita Cacete, região em que mora sua mãe biológica. Quando o crime aconteceu Alisson estava morando na casa da mãe adotiva. Constatamos que a arma pertence ao mesmo e que na hora da fuga ele deixou-a guardada na casa de um amigo. Quando foi capturado Alisson não esboçou nenhuma reação de fuga.”, disse Mario. O Delegado ainda frisou o respaldo da ação de autoria da Superintendência de Polícia, em nome dos policiais Cirilo, Leandro e Audrei.

Confessando o crime

José Alisson, que recentemente completou 18 anos, contou que comprou a arma usada no crime aos 15 anos, na ‘Feira das Trocas’. Dizendo-se arrependido por ter assassinado Norma, ele enfatiza que desejava mesmo matar era Aloísio José Pereira Silva.

“Queria ter matado ele por ter tirado sangue de um sobrinho meu. Arrependo-me de ter atingido-a e também não sabia que ela estava grávida, mas vou pagar pelo meu crime e quando sair verei o que irá acontecer. Já soube que o esposo dela quer ‘me pegar’ e se vingar, então vamos esperar pra ver o que acontecerá”, disse Alisson.


 

Mais Notícias de Cotidiano
Sergipe é o único Estado pronto para o Novo Médio em 2022, aponta estudo
08/12/2021  15h30 Sergipe é o único Estado pronto para o Novo Médio em 2022, aponta estudo
Pesquisa do Sesi aponta que apenas Sergipe concluiu todas as etapas necessárias
SES/SE
08/12/2021  15h10 Sergipe recebe 4.400 doses da Janssen para reforço
Quantitativo atenderá onze municípios contemplados com as vacinas da Janssen
Senac abre quase 4 mil vagas para cursos da nova programação
08/12/2021  11h10 Senac abre quase 4 mil vagas para cursos da nova programação
Matrículas podem ser feitas na central de atendimento cada unidade e online
Senar oferta cursos técnicos gratuitos de Zootecnia, Fruticultura e Agronegócio
08/12/2021  09h30 Senar oferta cursos técnicos gratuitos de Zootecnia, Fruticultura e Agronegócio
Saiba quem pode participar da seleção e como se inscrever no processo
Museu da Gente Sergipana recebe doações do Imposto de Renda até 15 de dezembro
08/12/2021  08h00 Museu da Gente Sergipana recebe doações do Imposto de Renda até 15 de dezembro
Benefícios promovem preservação e valorização do patrimônio cultural