Mãe é julgada por provocar morte de filha depois de um aborto
Farmacêutico que vendeu o medicamento também é réu no processo e estava respondendo em liberdade
Cotidiano| Por Aline Aragão 05/12/2018 15:54 - Atualizado em 05/12/2018 16:50

Joice Tavares de Almeida tinha 19 anos quando foi submetida a um aborto aos quatro meses de gestação. A jovem não resistiu, acabou morrendo na farmácia onde supostamente funcionava uma clínica clandestina. O crime aconteceu em 2003, os acusados no processo estão sendo julgados nesta quarta-feira (05), no Fórum Gumercindo Bessa em Aracaju (SE).

Os réus são João Monteiro Fontes, que teria vendido a medicação, e Nadja Tavares de Almeida, mãe da jovem, que de acordo com a denúncia do Ministério Público teria obrigado a filha a procurar o farmacêutico para realizar o aborto. Ambos respondem ao processo em liberdade.

A defesa dos réus contesta e diz que o aborto foi provocado por agressões do ex-namorado da jovem, que chegou a confessar a agressão durante depoimento na delegacia. Mas no tribunal do júri ele contou que era contra o aborto e negou que tenha agredido a namorada.

“Tem documentos que comprovam que a vítima foi espancada”, diz o advogado Aloísio Vasconcelos, que faz a defesa de Nadja.

Além do ex-namorado, foram ouvidas outras duas testemunhas. A previsão é que ainda hoje seja iniciado o interrogatório dos réus, mas o julgamento deve ser suspenso no final da tarde e retomado nessa quinta-feira (06).

Mais Notícias de Cotidiano
19/02/2019 07:53 PF desarticula esquema de fraude em empréstimos consignados em SE
Operação cumpre três mandados de busca e apreensão em Aracaju
19/02/2019 07:50 Manifestantes bloqueiam trecho da BR 101 na cidade de Carmópolis (SE)
O protesto é realizado por um grupo de trabalhadores desempregados
18/02/2019 20:03 Hemose inicia campanha de Carnaval para aumentar doações de sangue
Ação busca despertar o sentimento de solidariedade até 1º de março
18/02/2019 19:15 Porto de Sergipe registra aumento de 33% no volume de navios
Terminal tem capacidade para atender diversos setores
18/02/2019 17:06 Polícia inicia investigação sobre acidente com ônibus de turismo em Lagarto
O veículo saiu da Bahia para Sergipe. Uma pessoa morreu e várias ficaram feridas