Delegado e dois policiais envolvidos em morte na Paraíba ganham liberdade | F5 News - Sergipe Atualizado

Sergipe
Delegado e dois policiais envolvidos em morte na Paraíba ganham liberdade
Os três são investigados pelo assassinato do empresário paraibano Geffeson Moura
Cotidiano | Por F5 News 26/11/2021 18h43 - Atualizado em 27/11/2021 09h41


O delegado Osvaldo Resende, o policial civil José Alonso Santana e o policial militar Gilvan Moraes de Oliveira deixaram a prisão no início da noite desta sexta-feira (26). Eles são investigados pela morte do empresário paraibano Geffeson Moura Gomes, de 31 anos, durante abordagem policial ocorrida no dia 16 de março deste ano.

A Justiça deferiu o pedido da defesa e concedeu liberdade ao delegado sergipano Osvaldo Resende, na última terça-feira (23), mas ele se recusou a sair da Acadepol, onde está custodiado, sem os outros envolvidos. Uma nova decisão foi deferida hoje, concedendo o benefício da liberdade aos dois policiais.
 
Os investigados estavam presos desde o dia 24 de agosto, após uma decisão do Tribunal de Justiça da Paraíba. Segundo o advogado Guilherme Maluf, o STJ entendeu que não há motivos para a manutenção da prisão, que considerou desnecessária.

Entenda o caso

O empresário Gefferson de Moura morava em João Pessoa e estava indo para Cajazeiras, acompanhar de perto a situação do pai, que havia sido diagnosticado com a Covid-19. A ideia,  segundo a família, era levar o idoso para se tratar na capital paraibana. No percurso, Gerfferson parou em Soledade, por volta das 20h30 para jantar, e enviou áudio a uma irmã, dizendo que ia chegar perto da meia-noite à casa dela. Pouco tempo depois, o empresário foi morto com sete tiros, dentro do próprio carro, na cidade de Santa Luzia, que fica a 75km de Soledade.

O delegado responsável pela operação se apresentou na delegacia de Patos, a 45km de Santa Luzia, e contou a sua versão dos fatos. Segundo os primeiros relatos dos policiais sergipanos, a equipe estava em território paraibano para cumprir mandados de prisão expedidos contra um grupo suspeito de atuar no roubo de cargas em Sergipe e que estaria escondido na Paraíba. Durante a ação, a equipe alega ter se deparado com um veículo em atitude suspeita e com o condutor supostamente armado com uma pistola. Teria havido uma reação e os policiais atingiram o motorista, que chegou a ser socorrido, mas faleceu em seguida.

As informações não foram confirmadas pelas investigações e o caso passou a ser investigado pela Delegacia de Homicídios da cidade de Patos (PB). Os trabalhos estão sob a coordenação dos delegados Sylvio Rabello e Glauber Fontes.

Além de Osvaldo, foram presos o policial civil José Alonso Santana e o militar Gilvan Moraes de Oliveira, que estava cedido à Polícia Civil.
 

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Cotidiano
Foto: divulgação
16/01/2022  10h52 Três pessoas são presas por jogos de azar na zona norte de Aracaju
O que fazer quando crianças têm febre depois de tomar vacina da Covid?
16/01/2022  10h32 O que fazer quando crianças têm febre depois de tomar vacina da Covid?
Lagoa dos Tambaquis: conheça esse paraíso natural no litoral Sul de Sergipe
16/01/2022  10h28 Lagoa dos Tambaquis: conheça esse paraíso natural no litoral Sul de Sergipe
Sem Teto: a vida de quem não tem um lugar digno para morar em meio à pandemia
16/01/2022  10h26 Sem Teto: a vida de quem não tem um lugar digno para morar em meio à pandemia
Acidentes de trânsito crescem 6% em Aracaju no ano de 2021, aponta CPTran
16/01/2022  06h00 Acidentes de trânsito crescem 6% em Aracaju no ano de 2021, aponta CPTran