PM suspeito de atirar em jovem em Aracaju segue em liberdade
Vítima está na UTI em estado grave, mas com um quadro estável, diz família
Cotidiano | Por Saullo Hipolito 18/11/2020 11h21

Um cabo da Policial Militar (PM), suspeito de atentar contra a vida do jovem Chelton Luis Santos, no Conjunto Augusto Franco, está em liberdade em Aracaju. O crime aconteceu no último domingo (15), por volta das 18h30, durante a apuração da votação de um candidato a vereador nas eleições. A família da vítima pede justiça.

Segundo informações coletadas pelo F5 News, a confusão teria iniciado com uma briga entre mulheres - uma delas supostamente a namorada do militar suspeito. Em um dado momento, segundo Charles Filho, irmão de Chelton, o policial teria lançado uma garrafa de cerveja no suposto namorado da outra mulher.

Nesse momento, Chelton Luis teria tentado conter a briga e afastar o segundo homem da confusão, foi quando o policial supostamente efetuou um disparo de arma de fogo que atingiu o pescoço dele. O irmão da vítima disse ao F5 News que o policial continuou disparando contra o outro homem, o atingindo na orelha.

Segundo o Comando da Polícia Militar (CPM), policiais foram acionados por meio do Ciosp, no final da tarde daquele dia, para atender a ocorrência. Ao chegar no local, o suspeito de ser responsável pelos disparos já não se encontrava no local. 

Passados dois dias, o cabo compareceu, de forma espontânea, ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) a fim de prestar seus esclarecimentos sobre o ocorrido.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) confirmou em nota que o suspeito esteve na terça no DHPP e afirmou que vai concluir o inquérito policial e que comunicará o Poder Judiciário e o Comando da Polícia Militar.

Chelton foi transferido na última terça-feira (17) para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Huse, o seu estado de saúde é grave, segundo o familiar, porém, estável. "Infelizmente a gente sabe que isso não vai parar, é uma coisa que não vai mudar, somente as pessoas. A gente pede justiça para que outras vidas não sejam perdidas, não é o caso do meu irmão, mas ele corre esse risco", afirmou Charles Filho. 

Neste mesmo dia, familiares e amigos se reuniram no Augusto Franco, onde o crime aconteceu, e pediram por justiça. O vídeo tem viralizado nas redes sociais, confira:

 

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Cotidiano
Homem é morto com golpes de facão na zona Oeste de Aracaju
24/11/2020  07h56 Homem é morto com golpes de facão na zona Oeste de Aracaju
Foto: Will Rodriguez/F5News
23/11/2020  22h02 SE registra 229 novos casos de Covid e mais duas mortes nesta segunda
Passeio pela cidade marcará início do Natal com Mobilidade em Aracaju
23/11/2020  19h37 Passeio pela cidade marcará início do Natal com Mobilidade em Aracaju
Abertas  inscrições para o Exame Nacional de Residência Ebserh
23/11/2020  18h45 Abertas inscrições para o Exame Nacional de Residência Ebserh
Hemose realiza Semana do Doador e abre unidade de coleta no Riomar
23/11/2020  18h00 Hemose realiza Semana do Doador e abre unidade de coleta no Riomar