Polícia cumpre mandados de busca e apreensão em Sergipe e Pernambuco | F5 News - Sergipe Atualizado

Polícia Federal
Polícia cumpre mandados de busca e apreensão em Sergipe e Pernambuco
Operação investiga fraude e irregularidades na contratação de jovens aprendizes
Cotidiano | Por Antonio Cardoso 15/12/2021 10h03


A Polícia Federal (PF), em parceria com a Controladoria-Geral da União (CGU), deflagrou a Operação Bartimeu nesta quarta-feira (15), nos estados de Sergipe e Pernambuco. Foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão. 

O objetivo da operação foi coletar provas de irregularidades praticadas na execução de Termos de Fomento celebrados por Organização da Sociedade Civil (OSC) com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Segundo informações da polícia, foi detectado que a entidade investigada se utilizou de documentos irregulares para obter sucesso na celebração dos contratos de parceria com a administração pública.

O plano de trabalho previa a qualificação de 600 jovens aprendizes para inserção no mercado de trabalho nos municípios de Aracaju, São Cristóvão, Nossa Senhora do Socorro, Barra dos Coqueiros, Lagarto e Simão Dias, no estado de Sergipe; bem como em Brasília (DF) e em Três Rios (RJ). 

Formalizada a parceria, foram disponibilizados R$ 1,5 milhão para a organização investigada, tendo sido estimado um desvio superior a R$ 400 mil.

As acusações envolvem o superfaturamento na confecção dos materiais paradidáticos, ausência de comprovação efetiva de realização dos cursos profissionalizantes e remessa de informes com quantitativo de alunos inferior ao previsto no plano de trabalho. 

De acordo com as investigações, para comprovação da experiência prévia, a entidade beneficiária utilizou declarações falsas e, em relação aos contratos firmados com cursos profissionalizantes, houve a simulação de cotação de preços para a prestação dos serviços aos jovens, uma vez que as contratações já tinham sido previamente direcionadas.

Os recursos deveriam ser aplicados na qualificação profissional e inserção de jovens no mercado de trabalho, por meio de parcerias firmadas com entidades sem fins lucrativos. "Assim, a apropriação de verbas públicas, em proveito próprio ou de terceiros, acarreta prejuízo às ações governamentais de cunho social", registra a divulgação da Polícia Federal.

Por meio da Operação Bartimeu foram cumpridos nove Mandados de Busca e Apreensão em Sergipe, nos municípios de Aracaju, Lagarto, Simão Dias, e mais quatro no estado de Pernambuco, nas cidades de Lagoa Grande, Petrolina e Recife, envolvendo 45 policiais federais (PF) e três auditores da CGU.

 

Estagiário sob supervisão da jornalista Laís de Melo
 

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Cotidiano
Falcon FC / divulgação
18/05/2022  14h53 Falcon FC visita clubes portugueses e visa projeto de expansão
Divulgação
18/05/2022  14h50 Pais processam Apple após alerta de AirPods romper tímpanos de jovem
Divulgação
18/05/2022  12h04 Trânsito sobre a ponte do Rio Poxim, em Aracaju, fica em meia pista
Entenda por que é importante ter cuidado com os seus dados pessoais
18/05/2022  10h42 Entenda por que é importante ter cuidado com os seus dados pessoais
Saiba como denunciar crimes sexuais contra crianças e adolescentes em SE
18/05/2022  10h36 Saiba como denunciar crimes sexuais contra crianças e adolescentes em SE