Professores de Aracaju afirmam ter dificuldades em obter código para vacina | F5 News - Sergipe Atualizado

Professores de Aracaju afirmam ter dificuldades em obter código para vacina
Sindipema diz que mais de 50 educadores não conseguiram validação até o momento
Cotidiano | Por Laís de Melo 11/06/2021 11h58 - Atualizado em 11/06/2021 16h23

Os professores da rede municipal de Aracaju estão tendo dificuldades em conseguir o código indispensável para receber a vacina contra covid-19. De acordo com o Sindicato dos Professores do Ensino do Município de Aracaju (Sindipema), 52 educadores de 1º e 2º anos do Ensino Fundamental aguardam a validação no site de cadastramento da Prefeitura de Aracaju. 

A vacinação para trabalhadores da Educação foi liberada pelo Governo de Sergipe no dia 24 de maio. Conforme dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), até o momento 5.461 mil profissionais desta categoria em Aracaju já foram vacinados com a primeira dose do imunizante contra o novo coronavírus. No entanto, os números englobam professores, merendeiras, vigilantes, oficiais administrativos, executores de serviços básicos etc, e não há dados específicos quanto aos profissionais já vacinados de cada rede, entre públicas e privada. 

Segundo o presidente do Sindipema, Adelmo Menezes, os professores só retornarão às salas de aula de maneira presencial após estarem todos vacinados com as duas doses. Ele informou ao F5 News que solicitou à Secretaria Municipal da Saúde o levantamento dos números de profissionais da Educação que já receberam a primeira dose, para obter um panorama real da situação. 

“Tem uma escola que tem cerca de 19 pessoas que deveriam estar vacinadas, mas não foram ainda. Queremos um levantamento concreto. Afinal, muitos professores não conseguiram a liberação do código no site da prefeitura. Eles criaram um critério muito complicado. A nossa proposta era que pegasse um comprovante da escola, o contracheque e documento de identificação e pudesse ir no posto se vacinar. Tem uma professora que aguarda há 19 dias pelo código, isso é muito sério”, disse Adelmo Menezes. 

Ainda conforme o presidente do Sindipema, a rede municipal de ensino de Aracaju conta com 2.721 mil professores. “A categoria aprovou desde o ano passado que a gente só retorna ao presencial com a segunda dose. As aulas remotas continuam”, garante o sindicalista. 

O que diz a Saúde

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) informa que não há atraso na liberação de código para profissionais de Educação. Os códigos desse grupo prioritário são gerados a partir da conferência de dados nas listas enviadas pela Secretaria Municipal de Educação, Secretaria de Estado da Educação e pela Federação dos Estabelecimentos de Ensino do Estado de Sergipe (Fenem). No entanto, foram encontradas inconsistências nas listas enviadas pela Fenem e algumas instituições particulares e filantrópicas ainda não enviaram os dados para a Federação.

O município de Aracaju está vacinando profissional de Educação acima de 18 anos da pré-escola, creche, ensino fundamental, médio, superior, EJA e profissionalizante. Até o momento, foram vacinados 2.415 profissionais de Educação da rede estadual e que atuam em Aracaju, 1.918 da rede particular e 2.900 da rede municipal. Em caso de dúvida, a orientação é entrar em contato com a Ouvidoria da SMS, por meio do número 0800-729-3534 opção 7 e pelo e-mail saúde.ouvidoria@aracaju.se.gov.br

Retorno às aulas 

Ainda não há previsão para o retorno das aulas presenciais da rede municipal de ensino de Aracaju. Procurada por F5 News, a Prefeitura de Aracaju informa que as aulas seguem de forma remota e a decisão para o retorno presencial cabe ao Comitê de Operações Emergenciais. 

“Essa é uma discussão que precisa de profundidade e ampla análise baseada em dados como, por exemplo, os índices de contaminação do novo coronavírus na capital sergipana. Enquanto as aulas presenciais não acontecem, a rede municipal se prepara para oferecer um retorno seguro aos estudantes que optarem voltar para a sala de aula”, disse a Comunicação da PMA. 

A gestão acrescenta ainda que foram distribuídos nas escolas 140 mil equipamentos de Proteção Individual, como protetores faciais, máscaras, porta-máscaras, álcool em gel, garrafas de uso individual do tipo squeeze, que serão entregues aos alunos, além de termômetros digitais para escolas.

“Atualmente, as unidades contam com tótens de álcool em gel, tapetes sanitizantes e medidores de temperatura corporal. Além disso, foram instaladas 66 pias em escolas que ainda não possuíam este acessório no refeitório e também foi realizada a avaliação física de todas as janelas das unidades de ensino, para verificar o funcionamento e garantir a circulação de ar nas salas de aula”, informou a Prefeitura. 

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Cotidiano
Foto: SES
20/06/2021  13h00 Sergipe recebe mais de 68 mil doses de vacina contra a Covid-19
Foto: Cedida ao F5 News
20/06/2021  12h43 População relata falta de vacina contra covid-19 em postos de Aracaju
Foto: Reprodução Rede Social
20/06/2021  11h12 Nas últimas 24h, três pessoas morreram vítimas de acidente de trânsito
Sergipe registra 816 casos de Covid-19 e mais 24 mortes neste sábado
19/06/2021  20h55 Sergipe registra 816 casos de Covid-19 e mais 24 mortes neste sábado
Foto: Sérgio Silva/PMA
19/06/2021  16h00 Confira a programação do Forró Caju em Casa 2021 deste domingo