Aracaju
Reabertura do Hospital Fernando Franco continua indefinida, afirma SMS
Exigência do Conselho de Medicina de Sergipe não é atendida e unidade segue interditada
Cotidiano| ​Por Saullo Hipolito* 06/02/2019 08:59 - Atualizado em 06/02/2019 15:27

O Hospital Municipal Fernando Franco, no conjunto Augusto Franco, na zona sul de Aracaju (SE), segue funcionando apenas em caso de emergências.  Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), desde o dia 25 de janeiro a escala médica completa foi refeita, mas difere do solicitado pelo Conselho Regional de Medicina de Sergipe (Cremese), que interditou a casa de saúde há pouco mais de um mês. 

Segundo a SMS, a escala enviada possui três profissionais por turno, mas o conselho não aceitou, pois exige a abertura com pelo menos quatro profissionais.

A secretaria afirma que continua “buscando profissionais através do credenciamento via PJ para recompor as escalas”, mas não define uma data para tal.

De acordo com a resolução, são necessários pelo menos dois médicos por turno para o atendimento em unidades de urgência e emergência que tenham 50 mil atendimentos anuais (com cerca de 4 mil por mês, ou 139 por dia, ou seis por hora), excluídos pacientes graves atendidos na sala de reanimação.

* Estagiário sob responsabilidade da jornalista Fernanda Araujo.

Mais Notícias de Cotidiano
18/09/2019 19:55 Prefeitura divulga nova pesquisa de preços dos combustíveis em Aracaju
Menor preço encontrado para a gasolina comum foi de R$ 4,250
18/09/2019 19:25 São Cristóvão vence prêmio nacional de Cidades Sustentáveis
A premiação ocorreu em São Paulo, nesta quarta-feira (18)
18/09/2019 19:10 Latam vai ampliar frequência de voos de Aracaju para Guarulhos
A partir de outubro, serão 14 voos semanais; dois voos diários regulares
18/09/2019 18:19 Lagarto: homem apontado como autor de violência doméstica é preso
O suspeito responderá por tentativa de feminicídio contra a ex-mulher
18/09/2019 18:11 Suspeito de feminicídio é preso em Brejo Grande (SE)
Crime ocorreu no povoado Mulatas, na zona rural do município, na semana passada