Polícia
Segurança aponta terceiro ano seguido de redução de mortes em SE
SSP expõe redução de 19% no número de crimes violentos durante 2019
Cotidiano | Por Saullo Hipolito 14/01/2020 12h55 - Atualizado em 14/01/2020 13h04

Em coletiva na manhã desta terça-feira (14), a Secretaria de Segurança Pública de Sergipe divulgou o número atualizado de crimes violentos letais intencionais (CVLI) em todo o estado e verificou a terceira queda anual consecutiva, fato que, segundo a Delegada Geral, Katarina Feitosa, indica que o trabalho realizado tem tido eficácia.

"É um caminho sem volta esse de integração entre Civil, Militar e perícia, e os resultados demonstram isso. São mais de 1.040 vidas preservadas nos três últimos anos", afirmou a delegada.

Entre os anos de 2018 e 2019, a redução apresentada pela SSP/SE foi de 19% no número de crimes violentos em 2019, quando foram registrados 799 - são 187 a menos em comparação ao ano anterior (2018), quando foram contabilizadas 986 mortes dessa natureza.

Se comparado ainda com o ano de 2016, quando houve o pico de crimes no estado, a redução é ainda maior (41,1%). Desde 2012, este foi o ano com o menor número de crimes violentos letais intencionais. "Não podemos comemorar os números, a SSP comemora, sim, a redução que é nítida e existe. Mas ainda há pessoas morrendo e ainda existe violência, a luta é para que ano após ano essa redução continue", salientou o diretor da Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (Ceacrim), Sidney Teles.

“Não estamos satisfeitos com os números, estamos felizes por termos descoberto o caminho a ser trilhado. Ainda falta muito, é uma estrada longa para que possamos atingir os patamares ideais. O que devemos perceber também é que a violência não se trata somente de segurança pública, existem diversas outras políticas públicas que devem ser implementadas para a redução real do índice de violência”, reforçou a delegada Katarina Feitosa.

Entre os municípios com as maiores reduções se destacam Aracaju e São Cristóvão. Na capital sergipana, os números caíram de 281 (2018) para 170 (2019); já em São Cristóvão, foi detectado 33 casos a menos, sendo 73 (2018) e 40 (2019). Voltando à capital sergipana, os bairros com maiores quedas de homicídios foram Porto Danta (-14) e Santos Dumont (- 13).

Confira os dados abaixo:

[GALERIA][/GALERIA]

Homicídios dolosos

Em 2019, foram identificados 767 casos de homicídio em Sergipe, uma redução de 19,1% em comparação à 2018, quando foram calculados 948. Se comparado, mais uma vez, ao ano de 2016, a redução atinge 42,1%. Em Aracaju, o número diagnosticado atingiu 170 casos em 2019, 111 a menos que o ano de 2018.

De acordo com a delegada Katarina Feitosa, não há o número de elucidações de homicídios dolosos contabilizados, pois, segundo ela, essa estatística é delicada e difícil de ser fechada. "Temos que analisar peça por peça, inquérito por inquérito, mas temos um histórico de mais de 40% de casos elucidados nos anos passados", afirmou.

Latrocínios

No número de latrocínios, o ano de maior ocorrência foi em 2017, quando foram registrados 58 casos, 30 casos a mais que em 2019, que contabilizou 28 casos. 

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Cotidiano
Dois homicídios são registrados nas últimas 24h em Sergipe
23/02/2020  10h52 Dois homicídios são registrados nas últimas 24h em Sergipe
Foto: Divulgação
23/02/2020  08h58 Morre empresário Edison da Projel, proprietário do Makai Resort
Foto: PM/SE
23/02/2020  08h17 Aparelhos de "som de mala" são apreendidos em operação da PM
Veja o que abre e fecha durante o feriado de Carnaval em Aracaju
23/02/2020  06h00 Veja o que abre e fecha durante o feriado de Carnaval em Aracaju
Uma pessoa morre e seis ficam feridas após colisão em rodovia estadual
22/02/2020  19h13 Uma pessoa morre e seis ficam feridas após colisão em rodovia estadual