Sociedade Brasileira de Neurocirugia alerta contra "desafio da rasteira"
Em nota, entidade diz que a queda pode provocar lesões irreversíveis ao crânio
Cotidiano | Por Aline Aragão 14/02/2020 17h15

A Sociedade Brasileira de Neurocirugia (SBN) emitiu nesta semana um alerta sobre uma brincadeira de mau gosto que viralizou através de vídeos nas redes sociais, conhecida como "desafio da rasteira" ou "desafio quebra crânio". Na nota, a entidade orienta pais, educadores e população em geral sobre a necessidade de reforçar a atenção à crianças e adolescentes, diante do perigo que a suposta brincadeira representa.

Segundo a SBN, a queda pode provocar lesões irreversíveis ao crânio e encéfalo (Traumatismo cranioencefálico - TCE), além de danos à coluna vertebral. Como resultado, a vítima pode ter seu desempenho cognitivo afetado, fraturar diversas vértebras, ter prejuízo aos movimentos do corpo e, em casos mais graves, até morrer.

Em Mossoró, no Rio Grande no Norte, uma adolescente de 16 morreu depois de participar da brincadeira com colegas. Emanuela Medeiros bateu a cabeça no chão e sofreu traumatismo craniano.

Os responsáveis pela "brincadeira"  podem  responder penalmente por lesão corporal grave e até mesmo por homicídio culposo. 

Como funciona
O desafio é feito com três participantes. Eles ficam postados lado a lado; os dois das pontas pulam juntos, depois pedem que a pessoa do meio pule. Quando a pessoa do meio está no ar, recebe uma rasteira dupla e vai parar no chão. O desafio provoca uma queda brutal em que o participante bate a cabeça diretamente no chão, antes que possa estender os braços para se defender. 

 Repercussão
O desafio viralizou nas redes sociais no início da semana, depois de o youtuber Robson Calabianqui, conhecido como ‘Fuinha’, 23 anos, que tem mais de 2 milhões de seguidores, lançá-lo no respectivo canal no YouTube. No vídeo, já retirado do ar, ele e o irmão aplicam o golpe na própria mãe. 

Depois da repercussão o influenciador digital publicou outro vídeo falando que estava arrependido. “Parece engraçado, mas vocês sabiam que eu poderia ter perdido a minha mãe para essa brincadeira?” E continua: “Eu tô muito arrependido de ter postado esse vídeo", diz.

Confira o vídeo completo.

 

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Cotidiano
Vias em obras continuam com interdições no trânsito nesta sexta
27/02/2020  20h36 Vias em obras continuam com interdições no trânsito nesta sexta
Conta de água ficará mais cara a partir de março
27/02/2020  18h44 Conta de água ficará mais cara a partir de março
Bombeiros de SE registram 127 ocorrências no período carnavalesco
27/02/2020  18h40 Bombeiros de SE registram 127 ocorrências no período carnavalesco
Foto: ASN/Reprodução
27/02/2020  18h31 Governo atualiza informações sobre o Covid-19 em Coletiva de Imprensa
Foto: Valter Sobrinho/SES/Reprodução
27/02/2020  18h25 Secretário reúne rede hospitalar para atualizar protocolo do Coronavírus