Sergipe
Suposto mandante de duplo homicídio se entrega à Polícia
Crime aconteceu em julho e vitimou pai e filho em Nossa Senhora das Dores
Cotidiano 22/09/2020 09h50

O suspeito de ser o mandante de um duplo homicídio na cidade de Nossa Senhora das Dores se apresentou à polícia. Eduardo Teixeira Pereira compareceu na delegacia da cidade, na presença de advogado, na última quinta-feira (17). O crime vitimou José Valter de Melo e Fábio Lopes de Melo, pai e filho, no dia 4 de julho deste ano. As investigações contaram com o apoio da Divisão de Inteligência (Dipol). 

Segundo a delegada Maria Zulnária, que preside o inquérito policial, as investigações tiveram início desde o dia do crime e contaram com as análises das imagens das câmeras de segurança da prefeitura da cidade e de populares da localidade. Assim, foi possível identificar o veículo utilizado na investida criminosa.

Com as imagens, a polícia chegou à identificação de Alexsandro dos Santos de Jesus, o proprietário do carro empregado na ação criminosa. Ele foi localizado e ouvido. Em depoimento, entrou em contradição e foi representada a prisão preventiva dele, cumprida no dia 18 de agosto.

Na segunda fase do procedimento investigativo, com diligências em Alagoas, foi detido José Deyvison Sabino da Silva, que confessou o crime. Ele apontou a participação de Cícero Gomes da Silva, conhecido como "Cona", e Welson Jesuíno dos Santos, conhecido como "Preto", no duplo homicídio.

O procedimento investigativo também indicou que José Deyvison e Welson foram os responsáveis pelos disparos, enquanto que Cícero aguardava no carro em companhia de Alexsandro e Gildázio Gomes Moura, que foi o responsável por apontar as vítimas e indicar o local de trabalho delas. 

No desdobramento das investigações, também foi identificado o mandante do crime. Eduardo teria pago a quantia de R$ 8 mil aos executores para a prática do duplo homicídio. Ele também é apontado como o principal suspeito de um homicídio cometido no ano de 2019, no povoado Tabocas, em Nossa Senhora das Dores.

O crime que ocorreu em 2019 teve como vítima fatal Fabrício Lopes Melo, irmão de Fábio Lopes e filho de Valter Lopes. O inquérito policial que apurou esse crime também foi concluído com o fim das investigações do duplo homicídio registrado em 2020, já que há  relação entre ambas as práticas criminosas. 

A motivação para o crime teria tido início a partir de um desentendimento ocorrido no ano passado, por conta de uma suposta colisão no início de 2019. As buscas seguem para chegar às localizações de Welson Jesuíno dos Santos e de Cícero Gomes da Silva. Informações e denúncias podem ser repassadas pelo Disque-Denúncia (181).

Fonte: SSP/SE

Mais Notícias de Cotidiano
Foto: SES/Reprodução
25/10/2020  07h00 Dia da Saúde Bucal: odontologista destaca importância da prevenção
Apreensões feitas pelas equipes do Denarc em Aracaju. Foto: SSP-SE
24/10/2020  10h03 Denarc apreende cocaína, maconha e material de campanha em Aracaju
SSP anuncia porte de arma e concurso público para a perícia em Sergipe
24/10/2020  09h58 SSP anuncia porte de arma e concurso público para a perícia em Sergipe
Campanha de multivacinação segue até o dia 30 em Telha
24/10/2020  08h33 Campanha de multivacinação segue até o dia 30 em Telha
Sesc encerra comemorações do mês do idoso com programação especial
24/10/2020  08h00 Sesc encerra comemorações do mês do idoso com programação especial