Suspeitos de tentativa de homicídio contra delegado têm passagem pela polícia | F5 News - Sergipe Atualizado

Violência
Suspeitos de tentativa de homicídio contra delegado têm passagem pela polícia
“Foi o instinto policial”, afirma secretário de segurança João Eloy sobre abordagem
Cotidiano | Por Antonio Cardoso e Will Rodriguez 22/09/2021 11h08

A Cúpula da Segurança Pública do Estado divulgou novas informações sobre a tentativa de assassinato do delegado Marcelo Hercos. Os envolvidos já têm passagem pelo sistema prisional, de acordo com a SSP. Dois dos três suspeitos já estão presos; o veículo está custodiado, mas a arma utilizada no crime acredita-se que está em posse do foragido, que os policiais esperam efetuar a prisão ainda nesta quarta-feira (22).

Segundo a polícia, o homem identificado como Wellington de Carvalho Bispo está baleado no braço esquerdo, mas segue em fuga. Peritos seguem trabalhando para identificar se há uma outra arma em posse de Wellington, ou se ele utilizou a pistola da vítima.  Ainda de acordo com o delegado geral da Polícia Civil, Tiago Leandro, o foragido estava em prisão domiciliar na Bahia.

Wellington é muito conhecido na cidade baiana de Simões Filho pelos crimes de estelionato, utilização e repasse de notas falsas, mesma infração que os elementos estavam praticando aqui em Sergipe. As informações apontam que, desde o início da manhã do dia do crime, na terça (21), os homens estavam fazendo compras em estabelecimentos de Aracaju, utilizando as notas falsificadas no valor aproximado de 4 mil reais. 

A polícia capturou dois dos três suspeitos envolvidos na tentativa de assassinato, identificados como Manuel Santos Farias Neto e Daniel dos Santos. Os homens estavam hospedados em um bar na Orla de Atalaia, zona sul da capital. Eles serão indiciados pelos crimes de  tentativa de homicídio, associação criminosa e estelionato. Um deles já foi preso pelo crime de roubo de veículo. Segundo a polícia, os homens tinham a prática criminosa de alugar carros e não devolver às locadoras.

O carro utilizado na fuga também segue em posse da Polícia Civil. O veículo é um modelo Prisma, cor branca e placa PKY-2F42, da cidade de Salvador (BA). Nele há manchas de sangue e perfurações de bala. A polícia segue periciando o veículo para identificar se o foragido possui uma outra arma, ou se as marcas foram feitas pela arma do delegado Marcelo Hercos.

O caso

O crime ocorreu por volta das 17h da terça-feira (21) em um posto de combustível na zona de expansão da capital. Os suspeitos tentavam passar notas falsas, quando um funcionário do estabelecimento reconheceu a falsificação.

O delegado Marcelo Hercos estava na fila do caixa e resolveu autuar os suspeitos no momento do crime. “Foi o instinto policial, ele tentou resolver e prender eles sozinho”, afirmou o secretário da Segurança Pública, João Eloy.

Quanto a situação médica da vítima, o delegado segue internado no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) em estado grave. Marcelo deu entrada no hospital consciente, orientado e verbalizando, mas com perda significativa de sangue.O policial está sedado na Unidade de Apoio Crítico.

 

*Estagiário sob supervisão da jornalista Laís de Melo

Edição de texto: Will Rodriguez
Mais Notícias de Cotidiano
Rede Social/Reprodução
24/10/2021  11h50 Motociclista morre após colisão com ônibus em Santa Luzia do Itanhy
Rede Social/Reprodução
24/10/2021  11h50 Prédio desaba em Nilópolis (RJ) deixando um morto e três feridos
William Vinícius/Reprodução
24/10/2021  11h05 Homem tenta matar esposa e é baleado por cunhado no agreste de Sergipe
Evento é interrompido por perturbação de sossego no Jardins, em Aracaju
24/10/2021  11h01 Evento é interrompido por perturbação de sossego no Jardins, em Aracaju
Google Maps/Reprodução
24/10/2021  11h00 Geotecnologia apoia investigações sobre crime organizado