Um tsunami pode atingir o litoral de Sergipe? veja o que dizem especialistas | F5 News - Sergipe Atualizado

Calma, calma!
Um tsunami pode atingir o litoral de Sergipe? veja o que dizem especialistas
População movimentou as redes sociais após vulcão da África entrar em estado de alerta
Cotidiano | Por F5 News 17/09/2021 10h05

A notícia de que um vulcão nas Ilhas Canárias, no litoral da África, entrou em estado de alerta para uma possível erupção que poderia provocar um tsunami capaz de atingir todo o Brasil, afetando principalmente a costa do Nordeste, incluindo Aracaju (SE), deixou a população apreensiva e movimentou as redes sociais nas últimas 24 horas. 

No entanto, de acordo com especialistas, isso não deve preocupar quem mora por aqui porque a chance de erupção - fenômeno provocado pelo deslocamento de placas tectônicas - é baixa e a de um tsunami, mais improvável ainda.

“A mudança de categoria de risco do vulcão localizado na costa africana não enseja risco iminente de erupção. Há possibilidade remota, longínqua de transição, inclusive, podendo regredir”, afirmou a Defesa Civil de Aracaju.

A chance de o Brasil ser atingido por um tsunami nessa circunstância não é impossível, mas é altamente improvável. É o que diz a professora do Departamento de Geologia da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Adriane Machado. Ela desenvolve pesquisas nas áreas de mineralogia, geoquímica e petrologia, com ênfase no estudo de rochas vulcânicas, incluindo ilhas oceânicas.

“Para que exista a possibilidade do tsunami ocorrer, é necessário que o vulcão La Cumbre Vieja entre em erupção e que a magnitude dessa erupção seja suficiente para causar o colapso do edifício vulcânico. E ainda que o material proveniente do desmantelamento deslize para dentro do mar,” destaca a pesquisadora.

“Neste cenário, haveria a possibilidade de gerar um tsunami, muito provavelmente, de abrangência localizada. Alguns modelamentos matemáticos realizados por pesquisadores estrangeiros apontam uma estimativa da ordem de 500 km3 de material vulcânico que seria lançado ao mar,” complementa.

Possibilidade de megatsunami

A professora pontua que a erupção por si só não seria capaz de gerar o colapso do vulcão. A preocupação, no caso do La Cumbre Vieja, está numa falha no flanco oeste do vulcão, uma zona de fraqueza que afeta a estabilidade do edifício vulcânico. Nisso, a erupção contribuiria para desestabilizar ainda mais a encosta do vulcão, acelerando o desmantelamento.

Ela ainda ressalta que um megatsunami no Oceano Atlântico só seria gerado por um terremoto de grande magnitude, que não estaria associado a uma erupção vulcânica, embora se admita que o colapso de material vulcânico possa originar ondas muito grandes, mas com um raio de ação curto.

“Se de fato um megatsunami ocorresse, o que é muito improvável, segundo os cálculos e simulações apresentados em modelamentos matemáticos publicados, a costa aracajuana e o litoral sergipano seriam afetados, assim como toda a costa brasileira, e também, a costa africana, o Caribe, entre outros locais,” afirma.

O professor Aderson Nascimento, coordenador do Laboratório Sismológico da UFRN, reforça que a possibilidade do fenômeno ocorrer é muito baixa e observa ainda que a atividade vulcânica nessa Ilha é normal. 

“A probabilidade é muito pequena, até porque, para emitir um alerta de tsunami, é preciso saber qual foi terremoto, que tipo de fenômeno provocou o tsunami, para poder calcular com esse tsunami vai se propagar e, tão importante quanto isso, é saber como essas ondas, de um eventual tsunami, vão chegar às costas dos países. No caso do Brasil, esse risco é muito pequeno”, afirmou Nascimento. 

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Cotidiano
Rede Social/Reprodução
24/10/2021  11h50 Motociclista morre após colisão com ônibus em Santa Luzia do Itanhy
Rede Social/Reprodução
24/10/2021  11h50 Prédio desaba em Nilópolis (RJ) deixando um morto e três feridos
William Vinícius/Reprodução
24/10/2021  11h05 Homem tenta matar esposa e é baleado por cunhado no agreste de Sergipe
Evento é interrompido por perturbação de sossego no Jardins, em Aracaju
24/10/2021  11h01 Evento é interrompido por perturbação de sossego no Jardins, em Aracaju
Google Maps/Reprodução
24/10/2021  11h00 Geotecnologia apoia investigações sobre crime organizado