INSS suspende temporariamente perícias médicas para revisão do benefício | F5 News - Sergipe Atualizado

INSS suspende temporariamente perícias médicas para revisão do benefício
Aumento dos casos de covid-19 no país motivou decisão do instituto
Economia | Por Agência Brasil 14/01/2022 04h57 - Atualizado em 14/01/2022 13h17


O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) suspendeu temporariamente a realização de perícias médicas do Programa de Revisão de Benefícios por Incapacidade. As perícias são necessárias para revisão do benefício por incapacidade temporária, antigo auxílio-doença. A suspensão se deu em virtude do aumento de casos de covid-19 no país.

A suspensão vale para perícias marcadas desde o dia 12 de janeiro deste ano. A portaria conjunta do INSS e do Ministério do Trabalho foi publicada nesta quinta-feira (13). Segundo o ministério, as perícias suspensas serão remarcadas para o segundo semestre, e o INSS comunicará aos segurados a nova data.

Os segurados afetados pela suspensão das perícias continuarão recebendo os benefícios normalmente.

A portaria manteve o atendimento para os casos de mutirões de realização de perícia médica que já estavam previamente programados e com viagens definidas no âmbito da Subsecretaria da Perícia Médica Federal.

O Brasil vem registrando uma curva acentuada no aumento dos casos de covid-19. Dados de ontem (12) do Ministério da Saúde registraram 87.471 casos de covid-19 em apenas 24 horas (https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2022-01/covid-19-brasil-tem-874-mil-casos-e-133-mortes-em-24-horas). Há uma semana (5), o número de diagnósticos positivos foi 27.267, três vezes menor do que o registrado na quarta-feira. Já o último dia de 2021 registrou 10.282 casos de covid-19 no Brasil em 24 horas.

Mais Notícias de Economia
Refinaria na BA faz novo reajuste em combustíveis e preços devem aumentar em SE
22/01/2022  12h17 Refinaria na BA faz novo reajuste em combustíveis e preços devem aumentar em SE
Banco do Nordeste/Divulgação
22/01/2022  07h00 Com 5 milhões de hectares, Sealba pode alavancar relevância agrícola do Nordeste
Dólar sobe para R$ 5,45, mas tem segunda semana seguida de queda
21/01/2022  20h10 Dólar sobe para R$ 5,45, mas tem segunda semana seguida de queda
Sebrae/Reprodução
21/01/2022  17h30 Dívidas do Simples poderão ser pagas ou renegociadas até 31 de março
James Silva/Fecomércio
21/01/2022  16h30 E-commerce do Supertem se consolida como líder no mercado sergipano