Receita abre nesta sexta-feira consulta ao sexto lote do IRPF
Economia| Por Agência Brasil 09/11/2018 09:05

A Receita Federal abriu nesta sexta-feira (9) consulta ao sexto lote da restituição do Imposto de Renda Pessoa Física da declaração de 2018. O Fisco também abrirá consulta a lotes residuais das declarações de 2008 a 2017.

Ao todo, a Receita pagará R$ 1,9 bilhão a 1.142.680 contribuintes. Desse total, 991.153 declarações são do Imposto de Renda deste ano, cujo pagamento totalizará R$ 1,676 bilhão.

As restituições terão correção de 4,16%, relativa às declarações de 2018, a 106,28%, para as declarações de 2008. Os índices equivalem à taxa Selic – juros básicos da economia – acumulada entre a data de entrega da declaração até este mês.

A relação dos contribuintes estará disponível na página da Receita Federal na internet. A consulta também pode ser feita pelo telefone 146 ou nos aplicativos da Receita Federal para tablets e smartphones.

O pagamento será feito no próximo dia 16. Caso o valor não seja creditado nas contas informadas na declaração, o contribuinte deverá receber o dinheiro em qualquer agência do Banco do Brasil.

Também é possível ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, no nome do declarante, em qualquer banco.

Mais Notícias de Economia
23/04/2019 17:57 IR: SergipePrevidência amplia horário de funcionamento
Mudança ocorreu devido ao período de entrega do Informe de Rendimentos
23/04/2019 15:40 Entidades se unem para debater a Reforma da Previdência
22/04/2019 13:27 Com devolução de aviões, Avianca cancela mais voos em todo o país
Ao todo, 18 aeronaves serão devolvidas pela companhia aérea
22/04/2019 13:25 Mais da metade dos contribuintes já declarou Imposto de Renda em Sergipe
Fisco espera mais de 209 mil formulários neste ano em todo o estado
22/04/2019 09:44 Projeção de expansão da economia cai pela oitava vez e vai para 1,71%
Dólar deve fechar o ano cotado a R$ 3,75