Caged
Sergipe fecha mais de três mil postos de trabalho formais em maio
Foi o segundo pior mês do ano para o mercado sergipano, que já retrocedeu 4,5%
Economia | Por Will Rodriguez 29/06/2020 18h47

O estado de Sergipe fechou um total de -3.410 postos de trabalho com carteira assinada no mês de maio de 2020, segundo balanço do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado nesta segunda-feira (29). O resultado negativo vem no esteio da crise provocada pela pandemia do coronavírus, sendo até agora o pior mês do ano para o mercado de trabalho sergipano, ficando atrás apenas do mês de abril, quando foram perdidos 5.129 empregos formais no estado. 

Os dados divulgados em novo formato pelo Ministério da Economia não trazem o detalhamento do movimento do mercado por setor da atividade econômica. No quinto mês do ano, 2.564 sergipanos conseguiram um emprego com carteira assinada, mas outros 5.974 foram demitidos, fazendo o nível do mercado no estado declinar 1,2% em relação ao mesmo período no ano passado. 

No acumulado do ano, segundo o Caged, apenas o mês de janeiro teve um saldo de emprego positivo em Sergipe. De fevereiro até maio, 13.040 vagas de emprego formais foram encerradas no estado. Desse total, 11.098 foram perdidos desde a confirmação do primeiro caso de covid-19 no país. Com isso, o nível de emprego no estado acumula uma retração de 4,58% comparado aos cinco primeiros meses de 2019. 

Brasil

A pandemia do coronavírus levou ao fechamento de 1,487 milhão de vagas com carteira assinada entre março, quando foi registrado o primeiro caso de covid-19 no País, e maio.

No quinto mês, o saldo líquido entre a abertura e o fechamento de vagas foi negativo em 331,9 mil empregos. Esse foi o pior resultado para o mês da série histórica, que tem início em 1992. 

No acumulado do ano, o saldo do Caged foi negativo em 1,144 milhão de vagas, o pior desempenho da série histórica disponibilizada (2010).
 

*Com Agência Estado

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Economia
Receita alerta para retorno de obrigações adiadas na pandemia
11/07/2020  09h07 Receita alerta para retorno de obrigações adiadas na pandemia
Foto: Divulgação/PPI.gov.br
11/07/2020  06h30 Governo quer dobrar participação do modo ferroviário em oito anos
Banco do Brasil amplia limite de crédito do Pronampe em R$ 1,24 bi
10/07/2020  17h30 Banco do Brasil amplia limite de crédito do Pronampe em R$ 1,24 bi
Governo de Sergipe se mobiliza para evitar a hibernação de Piranema
10/07/2020  15h06 Governo de Sergipe se mobiliza para evitar a hibernação de Piranema
Inflação oficial sobe para 0,26% em junho, segundo IPCA
10/07/2020  12h00 Inflação oficial sobe para 0,26% em junho, segundo IPCA