Sergipe segue como 4º maior produtor de milho do Nordeste, aponta IBGE | F5 News - Sergipe Atualizado

Agronegócio
Sergipe segue como 4º maior produtor de milho do Nordeste, aponta IBGE
Estado também se destacou na produção de arroz, laranja e coco-da-baía em 2020
Economia | Por Laís de Melo 22/09/2021 15h10

Apesar de ser o menor estado do país em território, Sergipe é o quarto maior produtor de milho do Nordeste, ficando atrás somente da Bahia, Piauí e Maranhão. Conforme dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os resultados da Produção Agrícola Municipal (Pam) de 2020 dão conta de que o estado aumentou em 31,6% a produção de milho em grãos. Enquanto em 2019 foram produzidas 687.221 toneladas, em 2020 o número saltou para 904.506 toneladas.

De acordo com a supervisora da Produção Agrícola Municipal em Sergipe, Hellie Mansur, o aumento da produtividade está relacionado às condições climáticas e ao nível tecnológico empregado.

Do valor total de produção, que foi de R$ 1,78 bilhão, somente o milho corresponde a 52,6%, chegando a R$ 940,512 milhões em 2020. Entre 2019 e 2020, o valor de produção do milho teve um aumento de 65,5%. “Além do aumento da produção, em 2020, o milho estava 26% mais caro do que em 2019. Por isso, esses são os fatores que afetaram o aumento do valor da produção”, explica Hellie. 

Os municípios de Simão Dias, Carira e Frei Paulo foram os três maiores produtores de milho do estado, com 177.408 t, 171.720 t e 106.940 t, respectivamente. O resultado de Simão Dias, município do Centro Sul sergipano, o coloca entre os 200 maiores produtores de milho em grão do Brasil, com a 104ª maior produção do país.

Ainda conforme os dados do IBGE, além do milho, que respondeu por mais da metade da área das culturas pesquisadas pela PAM (54,7%), também tiveram destaque em Sergipe a produção de cana-de-açúcar (13,8%), a laranja (11,2%) e o coco-da-baía (8,2%), dois produtos de lavoura permanente, além da mandioca (3,9%). 

Arroz 

A PAM 2020 destaca também aumento de 21,1% na produção do arroz em Sergipe em 2020, no comparativo com 2019, se mantendo entre os dez produtos com maior valor de produção. “Esse aumento se deu porque algumas áreas passaram a ter suas safras e o preço pago ao produtor foi um estímulo”, destaca a supervisora. 

Laranja e coco-da-baía

Sergipe também é um grande produtor de laranja e coco-da-baía, inclusive considerados os principais produtos entre as culturas permanentes. No caso do coco, o estado é o 3º maior produtor do Nordeste, com 161.113 milhões de frutos, ficando atrás apenas do Ceará e da Bahia. No cenário nacional, Sergipe  é o quarto maior produtor do país.

No caso da laranja, principal cultura permanente do estado, a quantidade produzida em 2020 apresentou um aumento de 3,7% e fechou o ano com 378.422 toneladas. Com isso, Sergipe é o 6º maior produtor do país e o 2º maior do Nordeste, ficando atrás apenas da Bahia.

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Economia
Gol retoma voos entre Aracaju e Salvador a partir do mês de dezembro
18/10/2021  07h50 Gol retoma voos entre Aracaju e Salvador a partir do mês de dezembro
Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial
18/10/2021  06h24 Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial
Mais de 10 milhões ainda não sacaram fundo do PIS-Pasep
17/10/2021  07h00 Mais de 10 milhões ainda não sacaram fundo do PIS-Pasep
Com alta do gás e de alimentos, especialistas orientam como economizar
16/10/2021  17h33 Com alta do gás e de alimentos, especialistas orientam como economizar
 ASN/Reprodução
15/10/2021  17h21 Usina Taquari amplia planta industrial e gera mais de 2.700 empregos