Vendas do Dia dos Pais devem crescer 2,1%, prevê CNC
Incremento pode estimular contratações e alta de salários médios
Economia | Por Agência Brasil 06/08/2019 08h43 - Atualizado em 06/08/2019 18h49

As vendas do comércio no Dia dos Pais devem crescer 2,1% este ano, segundo estimativa divulgada hoje (6) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A expectativa é que a data  movimente R$ 5,6 bilhões, equivalente a 4,5% de todo o faturamento do mês de agosto.

Se confirmada, seria a terceira alta consecutiva registrada em Dia dos Pais. Em 2018, as vendas subiram 4,1%. Em 2017, 3,6%.

Segmentos

Hipermercados e supermercados devem concentrar 40,4% do total de vendas relativas às compras do Dia dos Pais, registrando movimento de R$ 2,1 bilhões. O comércio de artigos de uso pessoal e doméstico também espera alta de 15,6% das vendas, enquanto os ramos de vestuário e calçados estimam incremento de 12,9% no período.

De acordo com a projeção da CNC, o Dia dos Pais, celebrado no próximo domingo, vai ainda impulsionar as vendas de televisores, calçados esportivos e bebidas alcoólicas - produtos que tiveram preços reduzidos em relação aos praticados no ano anterior. Por outro lado, livros, entradas para o cinema e aparelhos telefônicos estão mais caros este ano.

Trabalho temporário 

Para o presidente da CNC, José Roberto Tadros, a data deve ser vista como "um alento" para o comércio, que pode efetivar mais trabalhadores temporários do que o número de contratações registradas em anos anteriores. A CNC espera uma geração de 11,9 mil postos de trabalho temporários voltados para o Dia dos Pais, contra 9,6 mil vagas criadas em 2018.

A maior parte das vagas abertas este ano - 5,1 mil - estarão concentradas nos segmentos de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo. Também se destacam vestuário e calçados, com 2,7 mil, seguidos pelo ramo de artigos de uso pessoal e doméstico, com 1,9 mil.

O salário médio pago nesses postos será de R$ 1.257, segundo a CNC. O valor é 4,2% maior do que a média paga aos trabalhadores no ano passado.

Mais Notícias de Economia
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
28/03/2020  14h34 Governo lançará linha de antecipação de pagamento a fornecedores
Os gastos governamentais com fornecedores chegam a R$ 48 bilhões por ano
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
28/03/2020  13h30 Banco Central poderá pedir justificativa se bancos negarem crédito
Pequenas e médias empresas têm linha para financiar folha de pagamento
Foto: Carolina Antunes/Presidência da República
27/03/2020  13h12 Governo anuncia linha de crédito a pequenas e médias empresas
Medida atinge 1,4 milhão de empresas e 12,2 milhões de trabalhadores
Comércio está fechado até 17 de abril (Foto: cedida ao F5 News)
27/03/2020  12h18 Lojistas fazem ato pela reabertura gradual do comércio de Aracaju
Entidades dizem que há tratativas, mas que prazo de fechamento precisa ser reavaliado
Sebrae oferece plataforma para anúncio de produtos e serviços
27/03/2020  11h37 Sebrae oferece plataforma para anúncio de produtos e serviços
Ferramenta está disponível de maneira gratuita para os empreendedores