Noite do Iron Fight é marcada por grandes lutas de MMA | F5 News - Sergipe Atualizado

Noite do Iron Fight é marcada por grandes lutas de MMA
Entretenimento 08/12/2012 10h45


 

Por Marcio Rocha

O card de lutas do Iron Fight Combat entrou para a história do MMA (Artes Marciais Mistas) sergipano, como o maior evento realizado do esporte em Aracaju. Foram 12 lutas entre grandes nomes do esporte sergipano, nacional e internacional.

As lutas começaram com a participação do lutador sergipano Isaac Silva, que enfrentou o baiano Paulo César. Em uma luta equilibrada, com muito jogo de chão e tentativas sucessivas do sergipano em tentar finalizar o oponente, o resultado foi a decisão pelos juízes, que escolheram Paulo César como o vencedor da  luta. Paulo usou de mais golpes, enquanto Isaac tentou dominar o adversário.

A segunda luta com participação de um lutador sergipano terminou com vitória. O lutador da cidade de Divina Pastora, Franklin Souza, venceu por finalização com um triângulo, o lutador paraibano Gleidson Alves, no segundo round. A luta foi marcada por ações de chão de ambos os lutadores, que tinham como base de luta o estilo de jiu-jitsu. Franklin Souza permanece invicto no MMA profissional.

A luta entre mulheres marcou uma nova fase do MMA em Sergipe. Pela primeira vez, duas mulheres se enfrentaram no ringue e protagonizaram uma das melhores lutas da noite. A catarinense Kinberly Novaes venceu por decisão dividida dos juízes, a sergipana Carol Mutante, que não deu trégua para a experiente lutadora do sul do país. Carol foi melhor em sua luta em pé, com muitos socos trocados e uma vantagem para a sergipana, lutadora de kickboxing. O segundo round foi marcado pela igualdade entre as lutadoras. Novaes usou de sua experiência e valorizou a luta de solo. No terceiro round, a sergipana quase foi nocauteada ao ficar isolada pela catarinense que aplicou uma sequência de golpes arrasadores. Entretanto, se recuperou e partiu para o ataque. Ao final do terceiro round, a decisão dos juízes deu a vitória para Novaes.

A luta mais esperada pelos espectadores do ginásio Constâncio Vieira, entre os lutadores locais, era do lutador de Muay Thai, Dymitry Damianny, que enfrentou o lutador baiano Thiago Rangel. Damianny venceu a luta por decisão unânime dos jurados. A luta foi marcada pela completa supremacia do sergipano ante Rangel, que pouco pôde fazer para evitar os duros golpes de Dymitry. Foram socos, chutes altos, chutes baixos e o boxe do lutador da casa estava em sua melhor forma. Os três assaltos foram completamente dominados pelo lutador da DFC, que teve duas oportunidades claras para nocautear o oponente, mas o cansaço impediu. Damianny mostrou estar em sua melhor forma e amplia o seu cartel para sete vitórias.

O popular lutador sergipano Yuri Andrey subiu ao ringue em formato de decágono para enfrentar o carioca Victor Silva, treinado pelo lutador Pedro Rizzo, um dos grandes campeões do esporte mundial. Andrey poderia ter aproveitado melhor seu jogo de luta em pé. Seus golpes eram mais contundentes, mas o jiu-jitsu de Silva foi superior. Andrey falhou nas defesas de queda, mas quando realizou investidas contra Silva, foi bem sucedido. A luta foi equilibrada, mas os juízes decidiram dar a vitória para o carioca, que lutou melhor no chão, mesmo com o sergipano aplicando golpes mais contundentes.

O Iron Fight em Aracaju, evento apoiado pelo Governo de Sergipe, contou com a estreia de um lutador sergipano que é treinado pelo ex-campeão dos pesos pesados do UFC, Vítor Belfort. O atleta Júnior Girafinha justificou o treinamento e conquistou sua primeira vitória de forma rápida. O sergipano venceu o lutador baiano Rodrigo Reis, com um estrangulamento após várias ações de montada contra o oponente. A luta foi um passeio para o estreante sergipano.

A primeira luta internacional terminou de forma rápida. O lutador russo, radicado em Aracaju, Alexei Nazarov, finalizou o baiano Juliano Pitbull com apenas um minuto e quarenta segundos do primeiro round. Nazarov aplicou um estrangulamento em Pitbull que não resistiu e foi derrotado. Nazarov amplia seu cartel para 12 vitórias e continuará morando em Aracaju, devido a sua adaptação à cidade onde está treinando.

O lutador potiguar João Paulo protagonizou a melhor finalização da noite ao vencer o carioca Henrique Mello, por desistência. Em uma luta movimentada, o potiguar que emagreceu surpreendentes 14 quilos em uma semana aplicou vários golpes. Contudo, finalizou a luta com um triângulo de mão, aplicado em uma montada sobre Mello. Seu cartel sobe para 45 vitórias em menos de 60 lutas no MMA profissional.

Em outra luta com total superioridade de um dos batalhadores, o paranaense Goiti Yamauchi, da Yamauchi Team, venceu por decisão unânime o lutador Ivan Pitbull Souza. Goiti é considerado uma das maiores promessas do MMA nacional, por ser um grande finalizador. O nipo-brasileiro mostrou suas habilidades em escapar de situações difíceis, com ótimas defesas de queda e passando a guarda no tempo certo, para evitar ataques. Ao atacar, mostrou ser totalmente superior, não dando chance para os jurados pensarem em outra decisão que não fosse a sua vitória.

Na principal luta da noite, o americano Rodney Wallace, ex-lutador do UFC, conquistou uma vitória que não agradou ao público presente no ginásio Constâncio Vieira, em Aracaju. Wallace abusou do uso de wrestling (luta livre), sua especialidade, e aplicou bons golpes contra o gaúcho Guilherme Viana, seu adversário na luta pelo cinturão da categoria meio-pesado do Iron Fight. Viana reagiu com golpes mais contundentes, com maior força e desequilibrando o americano por duas oportunidades, uma com um soco no segundo round e outra com um chute no final do terceiro assalto. Com muita esquiva e uma franca trocação de socos, os dois lutadores realizaram uma luta empolgante, que chamou a atenção dos espectadores. Wallace cansava com muita rapidez, levando Viana para as grades ou para o chão, a fim de refazer suas forças. Ao final do terceiro round, os juízes decidiram de forma dividida, dar a vitória para o norte-americano, que agora conta com quinze vitórias em seu cartel, acabando com a invencibilidade de Viana.

Resultados finais do Iron Fight Combat em Aracaju:

Paulo César (BA) venceu Isaac Silva (SE) por decisão unânime dos juízes

Franklin Souza (SE) venceu Gleidson Alves (PB) por finalização no segundo round

Júnior Girafinha (SE) venceu Rodrigo Reis (BA) por finalização no primeiro round

Kinberly Novaes (SC) venceu Carol Mutante (SE) por decisão dividida dos juízes

Dymitry Damianny (SE) venceu Thiago Rangel (BA) por decisão unânime

Victor Silva (RJ) venceu Yuri Andrey (SE) por decisão unânime

Alexei Nazarov (RUS) venceu Juliano Pitbull (BA) por finalização no primeiro round

Ciro Rodrigues (RJ) venceu Erick Parrudo (BA) por decisão dividida

João Paulo (RN) venceu Henrique Melo (RJ) por desistência no primeiro round

Jurandir Sardinha (BA) venceu Elieni Pit (DF) por decisão unânime

Goiti Yamacuhi (PR) venceu Ivan Pitbull (RJ) por decisão unânime

Rodney Wallace (EUA) venceu Guilherme Viana (RS) por decisão dividida

Imagem: João Áquila

Mais Notícias de Entretenimento
Metrópoles/Reprodução
04/07/2022  16h20 Gkay e Jojo Todynho se estranham em bastidores do Dança dos Famosos
Segundo Fábia Oliveira, Jojo confirmou que Gkay não gostou de sua atitude
Matheus Veloso/Metrópoles
04/07/2022  09h50 Thiago Gagliasso é condenado pela Justiça por divulgar fake news
Irmão de Bruno postou foto de mulher com fuzil, dizendo ser mãe de vítima de chacina
Matheus e Kauan/Rede social/Reprodução
02/07/2022  19h21 Confira programação do terceiro dia de festejos em Capela (SE)
A dupla Matheus e Kauan é atração principal desta noite de sábado (2)
Assessoria de Imprensa
02/07/2022  16h30 Zé Vaqueiro fecha portões no São Pedro de Capela (SE)
Show do cantor ocorreu nessa sexta-feira (1º) e teve lotação esgotada
Metrópoles/ Reprodução
01/07/2022  20h03 Vídeo. Ana Maria surpreende e contrata Jojo Todynho ao vivo
Dona do hit Que Tiro Foi Esse virou "psicóloga" do povo para o Mais Você