Atleta sergipana Duda Lisboa disputa troféu do Prêmio Brasil Olímpico | F5 News - Sergipe Atualizado

Esporte
Atleta sergipana Duda Lisboa disputa troféu do Prêmio Brasil Olímpico
Ela começou a jogar em Aracaju e concorre ao Prêmio de Melhor Atleta do Ano de 2023
Esporte | Por F5 News 06/12/2023 10h40


A atleta sergipana de vôlei de praia Duda Lisboa concorre ao troféu de Melhor Atleta do Ano de 2023 do Prêmio Brasil Olímpico. A relação dos candidatos foi anunciada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) no último domingo (3). 

Além de Duda, Ana Patrícia (vôlei de praia), Bia Haddad (tênis) e Rebeca Andrade (ginástica rítmica) estão na disputa feminina. Na masculina, estão os atletas Filipe Toledo (surfe), Hugo Calderano (tênis de mesa) e Marcus D’Almeida (tiro com arco). 

A revelação dos vencedores será na sexta-feira (15), na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro. Segundo o COB, a festa irá celebrar a participação histórica do Time Brasil nos Jogos Pan-Americanos Santiago 2023. 

“Todos os concorrentes ao troféu de Melhor Atleta do Ano do Prêmio Brasil Olímpico 2023 são representantes de alto nível do esporte brasileiro. Importante destacar a qualidade destes atletas e o futuro promissor para o nosso esporte em diferentes modalidades”, disse o presidente do COB, Paulo Wanderley.

Conheça a trajetória de Duda Lisboa

Filha da ex-jogadora Cida Lisboa, Duda ingressou no vôlei de praia aos 9 anos de idade. Aos 12, foi inscrita pela mãe para jogar uma etapa do Estadual em Aracaju. Dois anos se passaram e, em 2013, já se tornava a primeira atleta da história a disputar os três Mundiais de base no mesmo ano, sagrando-se campeã mundial sub-19, ao lado de Tainá, e vice-campeã mundial sub-23, com Thaís. No fim da temporada, ainda estreou no Circuito Mundial, na etapa Open de Durban (AFS).

Em 2014, foi convocada pela primeira vez para a seleção adulta e conquistou o bicampeonato mundial Sub-19 jogando com Andressa. No início de 2017 começou projeto junto da medalhista olímpica Ágatha visando os Jogos de Tóquio. Ao lado da paranaense, conquistou pela primeira vez o SuperPraia, em 2017.

Em 2018, Duda se tornou a atleta mais jovem a conquistar o título do Circuito Mundial, com 20 anos, tendo sido eleita também melhor atleta do mundo, feito que repetiu em 2019. Será representante do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020.

Com informações do Comitê Olímpico do Brasil e da Confederação Brasileira de Voleibol 

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Esporte
Divulgação ADC
26/02/2024  09h16 Ingressos para Murici x Confiança começam a ser vendidos em Aracaju
Joan Luz/Dorense
26/02/2024  07h30 Sergipão: Dorense vence o Carmópolis na Arena Batistão
Marcelo Gonçalves/Fluminense FC
25/02/2024  12h00 Fla e Flu disputam jogo que pode definir vencedor da Taça Guanabara
Fellipe Carvalho
25/02/2024  11h00 Falcon vence Sergipe por 1 a 0 e com onze pontos no Sergipão
Reprodução CBSK
24/02/2024  18h44 Rayssa fica em segundo lugar na etapa de Paris do Street League

F5 News Copyright © 2010-2024 F5 News - Sergipe Atualizado