Matheus Costa prevê dificuldades no jogo da Copa do Nordeste
Técnico do Confiança diz que time chegará melhor preparado para Estadual
Esporte | Por Saullo Hipolito 30/06/2020 13h45 - Atualizado em 01/07/2020 08h33

O Confiança voltou. Após longa parada, o único representante sergipano na série B do Compeonato Brasileiro treinou na tarde desta segunda-feira (29) em um campo no município da Barra dos Coqueiros, na Grande Aracaju, sem a presença da torcida e imprensa. Para o técnico Matheus Costa, a volta é importante porque muitos dos adversários do time nas competições regional e nacional já iniciaram suas preparações.

Segundo o treinador, a principal preocupação é com a competição regional, ainda sem data para realização do último jogo da primeira fase. Há uma expectativa do retorno da competição em duas semanas, dependendo de decretos que devem ser divulgados nas próximas horas no estado da Bahia, principal candidato à sede da competição.

Com isso, o Dragão do Bairro Industrial deve enfrentar o Sport Recife, que voltou no último dia 15 de junho aos treinamentos e isso, com uma desvantagem, segundo Matheus Costa. 

“A gente está se preparando em etapas. Temos duas semanas para estar o mais preparado possível para o jogo da Copa do Nordeste contra equipes que estão pelo menos duas semanas à frente, como é o caso do Sport. Depois teremos mais tempo de preparação para o Estadual e Série B, a preocupação agora é a Copa do Nordeste”, afirmou o treinador em coletiva virtual.

Ainda de acordo com ele, é cedo para prever em que nível o time voltará às competições, mas treinamentos serão primordiais para o elenco se afinar como estava antes da interrupção das competições.

“É muito difícil julgar quando será o melhor futebol, mas quanto mais tempo nós tivermos de treinamento e oportunidade para trabalhar com os atletas, a tendência é buscar essa evolução. Tem jogos em que apresentaremos um grande espetáculo, talvez outros nem tanto, mas o importante é sempre buscar o nosso melhor e a cada partida desenvolver o que mais sabe”, disse Matheus.

Confira outras questões da coletiva

Mudanças na preparação

“Encontramos uma situação atípica, óbvio que os atletas estavam treinando por videoconferência (como F5News noticiou), mas é uma realidade totalmente diferente, praticamente três meses sem contato com a bola, sem coletivo, e nós estamos iniciando essa fase agora, temos que saber das dificuldades que encontraremos neste período.”

Condicionamento físico

“Os atletas estão retornando aos treinamentos. Hoje realizamos um bom treino, os atletas apresentaram boas condições da carga de trabalho, corresponderam à expectativa, mas a partir do dia seguinte eles vão sentir o desgaste, dois três dias depois vai aumentar alguma dor específica, então é importante esse controle de todo o nosso departamento, para a gente estar bem alinhado com todos os atletas, pela importância de não perder nenhum agora e de todos estarem à disposição para o início dos jogos que teremos em sequência.”

Lesões

“Me preocupa muito, é uma grande preocupação da comissão técnica. Nos reunimos diariamente para discutir especificamente sobre cada atleta. A preocupação existe, por isso a importância de analisarmos individualmente, para minimizar os riscos. Temos atletas de características diferentes, mas sabemos que não vamos fugir. O que temos que fazer é evitar ao máximo, preparando eles ao máximo para a carga de trabalho e jogos.”

Adiamento do início da Série B

“Cada estado depende de uma questão específica. Tem estados em que o Estadual vai se encerrar na primeira ou segunda semana de agosto e eles estão querendo [prorrogar], pelo menos em uma semana. Nós temos que pensar em um benefício coletivo, não em um individual onde cada estado tem a sua particularidade. Se a CBF está colocando para o dia 8 ou 9 de agosto, temos que acatar o máximo possível para estarmos prontos para essa competição que consideramos tão importante”.

Foco

“Sabemos o momento em que nós estávamos e a continuidade é muito importante, apesar de termos sofrido alguns tropeços, mas no modo geral apresentamos um bom aproveitamento, realizando bons jogos e sabemos da importância e da responsabilidade que temos nesse retorno para manter isso [o patamar]. Temos que nessas duas semanas levar os atletas ao limite, para dar essa continuidade que tivemos e, assim, mostrar aos torcedores que temos condições de mantê-lo e fazer uma boa temporada.”

Prioridade

“Uma equipe como a do Confiança, que praticamente tem em torno de 50 jogos até o fim da temporada, é muito importante que tenhamos todos os atletas do elenco à disposição. Todos os atletas terão suas oportunidades, a nossa prioridade sempre será o próximo jogo. A gente vai procurar ter os atletas em condições, para atuar na próxima partida da melhor forma possível e vai ser importante a preparação de todo esse elenco, porque sabemos que, em um calendário cheio como temos, com pouco tempo de descanso entre um jogo e outro, o desgaste vai acontecer e atletas que não estavam tendo a oportunidade começarão a ter, por isso, temos que preparar os atletas da melhor forma porque todos vão ter essa oportunidade e nesse momento cada um terá que dar o seu melhor.”
 

Edição de texto: Monica Pinto
Mais Notícias de Esporte
Confiança lança plano para quitar débitos trabalhistas em três anos
11/07/2020  17h45 Confiança lança plano para quitar débitos trabalhistas em três anos
Data, local e horário: Confiança e Daniel Paulista se reencontram
11/07/2020  17h15 Data, local e horário: Confiança e Daniel Paulista se reencontram
São Paulo acredita em confirmação de GP Brasil de Fórmula 1 em 2020
11/07/2020  14h30 São Paulo acredita em confirmação de GP Brasil de Fórmula 1 em 2020
Freipaulistano anuncia Rafael Granja, ex-Fluminense de Feira (BA)
11/07/2020  14h00 Freipaulistano anuncia Rafael Granja, ex-Fluminense de Feira (BA)
Natália Gaudio defende maior longevidade para atletas brasileiras
11/07/2020  11h00 Natália Gaudio defende maior longevidade para atletas brasileiras