Almeida Lima: “Babacas. Isso é para esquecer a corrupção do governo” | F5 News - Sergipe Atualizado

Almeida Lima: “Babacas. Isso é para esquecer a corrupção do governo”
Deputado reage aos comentários no sentido dele perder o mandato
Política 19/10/2011 10h52

Por Joedson Telles

Bem ao seu estilo, o deputado federal José Almeida Lima (PPS) comentou na manhã desta quarta-feira, 19, notícias e comentários feitos em setores da imprensa sergipana sobre a possibilidade dele perder o mandato pelo fato de ter trocado o PMDB pelo PPS, no mês passado. “Nunca vi tanta babaquice. Babacas. Idiotas. Isso é para esquecer a corrupção do governo do PT. Para desviar a atenção. Que coisa ridícula. Vão trabalhar por Sergipe”, disse Almeida Lima.

O deputado ironizou a informação de que o suplente de deputado federal pelo PMDB, Fábio Reis, esteja planejando mover uma ação pedindo o seu mandato por infidelidade partidária com base nas declarações que o próprio Almeida Lima postou em seu Twitter. “Saí do PMDB não por causa do JB, ele me deu os argumentos jurídicos. Saí porque precisava ir para a oposição a esses governos”. Segundo Almeida, a ameaça de Fábio Reis não lhe preocupa nem um pouco. “Entrem. Vão se reunir ainda?”, zombou.

Comentando conteúdos sobre o assunto postados pelo jornalista Cláudio Nunes, em seu blog hospedado no portal Infonet, Almeida Lima avalia que, mais uma vez, o jornalista subestima a inteligência dos internautas com essa história de que a “cobra vai fumar”.  Segundo ele, os textos do jornalista sobre a sua saída do PMDB não merecem atenção das pessoas inteligentes. “Temos políticos dissimulados. Talvez para estes, este tipo de jornalismo sirva. Mas se você pegar o que ele escreveu sobre a minha saída do PMDB atesta que não tem uma declaração que se sustente com o tempo. Não tem substância. Ele diz uma coisa, o tempo desmoraliza e ele inventa outra”, garantiu.        

Segundo Almeida Lima, não existe problema em nenhum jornalista ou veículo de comunicação ficar ao lado de político “A” ou “B”. Todavia, isso deve ser feito de forma transparente, aberta à sociedade, que precisa saber de que lado está quem presta a informação. “Tem que ter honestidade. O The New York Times quando quer tomar partido de uma candidatura o faz informando aos seus leitores. É um direito. A imprensa evoluiu. É um direito. Mas não é ético assumir a posição de ‘A’ e se esconder”, disse, prometendo escrever um artigo provando que as declarações de Cláudio Nunes sobre ele não se sustentam.

O jornalista Cláudio Nunes, ao ser procurado, observou que o conteúdo que vem postando em seu blog sobre a saída de Almeida do PMDB teve confirmação no ofício encaminhado pela Procuradoria Regional Eleitoral à vice-procuradora Geral Eleitoral, Sandra Verônica Cureau, sobre a desfiliação de Almeida Lima do PMDB. Ali, observa Cláudio, é alertado que o parlamentar levou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ao erro, ao encobrir as reais causas motivadoras da sua desfiliação. “Não tenho problemas pessoais com ele. Abordei o caso dele, o de Robson Viana, o de Valmir de Francisquinha... ele sabe que não tem nada de pessoal. Nunca pedi nada a ele”, assegurou.  

O deputado Almeida Lima, por sua vez, ratificou estar tranquilo quanto à possibilidade de perder o mandato. Segundo ele, não precisou, realmente, listar todos os argumentos como disse no Twitter por acreditar que já tinha em mãos subsídios suficientes para comprovar que não tinha mais como conviver dentro do PMDB. “Ajuizei uma ação em busca de tutela antecipada. Mas poderia me desfiliar e, depois, apresentado os motivos.  Não vejo necessidade de arrolar todos os argumentos. E mais: queria mesmo ir para a oposição a este governo corrupto”, ratificou.        

Mais Notícias de Política
TSE/Reprodução
19/08/2022  21h01 Confira agenda dos candidatos ao governo de Sergipe neste sábado (20/8)
São oito na disputa pelo Executivo Estadual. Faltam 44 dias para 1º turno do pleito
Fábio Pozzebom/ Agência Brasil
18/08/2022  21h00 Confira agenda dos candidatos ao governo de Sergipe nesta sexta (19/8)
F5 News informa a partir de hoje compromissos de suas campanhas para o dia seguinte
TSE
18/08/2022  14h00 Confira o que é permitido ou proibido no dia da votação
A 45 dias do pleito, muitos eleitores não sabem o que pode ser crime eleitoral
MPF-SE / reprodução
17/08/2022  18h48 MP Eleitoral pede impugnação de seis candidaturas em Sergipe
As candidaturas foram impugnadas com base nos critérios da Lei da Ficha Limpa
Hugo Barreto/Metrópoles
17/08/2022  10h00 PF já abriu 23 mil inquéritos por crimes eleitorais
Nas eleições municipais de 2020, foram registrados 85 mil casos dessa natureza