Brasil
Após polêmica sobre currículo, posse de Decotelli no MEC é adiada
Questionamentos sobre doutorado e pós-doutorado fizeram Planalto rever indicação
Política 29/06/2020 16h06

Em meio às polêmicas sobre o currículo do novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, o Palácio do Planalto adiou a cerimônia de posse, prevista para terça-feira (30). Na agenda oficial da pasta, não consta qualquer compromisso oficial na data.

De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, depois das denúncias sobre seu doutorado e mestrado, o governo já discute a permanência de Decotelli no ministério.

O próprio grupo militar que indicou o ex-professor está constrangido porque foi surpreendido pelos problemas acadêmicos e está avaliando a repercussão do caso. Ele também perdeu o apoio que tinha entre professores da Fundação Getúlio Vargas (FGV), enquanto alas mais ideológicas estão fortemente tentando derrubá-lo antes mesmo de tomar posse.

Inicialmente, o reitor da Universidade de Rosário, Franco Bartolacci, foi ao Twitter questionar a inclusão do título de doutor indicado por Decotelli. Na sequência, o Ministério da Educação divulgou um certificado que atestava a conclusão de todos os créditos do doutorado de Decotelli em administração, mas não provava que ele havia defendido a tese — sem cumprir essa etapa, o título não é concedido.

A contestação de Bartolacci levou o novo ministro a alterar seu currículo Lattes e fazer a ressalva de que não houve, de fato, defesa de tese.

Nesta segunda-feira (29), foi a vez de o pós-doutorado que constava na lista de qualificações de Decotelli ser contestado. Segundo a Universidade de Wüppertal, ele não obteve “nenhum título” na instituição.

 

*Com informações da Agência Estado e do Metrópoles 

Mais Notícias de Política
Mulher de Queiroz volta para casa e cumprirá prisão domiciliar
11/07/2020  14h30 Mulher de Queiroz volta para casa e cumprirá prisão domiciliar
Foto: Reprodução redes sociais
11/07/2020  09h15 Queiroz deixa a prisão usando tornozeleira eletrônica
Bolsonaro anuncia Milton Ribeiro como novo ministro da Educação
10/07/2020  18h50 Bolsonaro anuncia Milton Ribeiro como novo ministro da Educação
SE vai receber R$ 460 mil do repasse federal de R$ 30,7 mi para saneamento
10/07/2020  11h34 SE vai receber R$ 460 mil do repasse federal de R$ 30,7 mi para saneamento
Aliados de Edvaldo criticam politização da investigação do Hospital de Campanha
09/07/2020  19h51 Aliados de Edvaldo criticam politização da investigação do Hospital de Campanha