Câmara aprova texto-base que revoga Lei de Segurança Nacional | F5 News - Sergipe Atualizado

Brasil
Câmara aprova texto-base que revoga Lei de Segurança Nacional
Lei tem sido usada de forma recorrente pelo governo para investigar críticos
Política | Por Agência Câmara 04/05/2021 20h21 - Atualizado em 04/05/2021 20h35

A Câmara dos Deputados aprovou  hoje (4) o texto-base do Projeto de Lei 6764/02, que revoga a Lei de Segurança Nacional e acrescenta no Código Penal vários crimes contra o Estado Democrático de Direito.

Os deputados analisam agora os destaques apresentados pelos partidos ao substitutivo da relatora, deputada Margarete Coelho (PP-PI), que cria um novo título no código para tipificar dez crimes em cinco capítulos. Entre eles os crimes de interrupção de processo eleitoral, fake news nas eleições e atentado a direito de manifestação.

Assim, por exemplo, no capítulo dos crimes contra a cidadania, fica proibido impedir, com violência ou ameaça grave o exercício pacífico e livre de manifestação de partidos políticos, movimentos sociais, sindicatos, órgãos de classe ou demais grupos políticos, associativos, étnicos, raciais, culturais ou religiosos.

A pena é de 1 a 4 anos de reclusão, mas aumenta para 2 a 8 anos se da repressão resultar lesão corporal grave. No caso de morte, vai para 4 a 12 anos.

 

Mais Notícias de Política
Petista pede desculpas após afirmar ‘já vai tarde’ sobre morte de Bruno Covas
17/05/2021  07h23 Petista pede desculpas após afirmar ‘já vai tarde’ sobre morte de Bruno Covas
'Deixarei o Brasil melhor do que o recebi', diz Bolsonaro em discurso a apoiadores
15/05/2021  17h52 'Deixarei o Brasil melhor do que o recebi', diz Bolsonaro em discurso a apoiadores
Belivaldo Chagas anuncia inauguração da Orla Sul e convocação de policiais
14/05/2021  16h55 Belivaldo Chagas anuncia inauguração da Orla Sul e convocação de policiais
Foto: Alese/Reprodução
14/05/2021  09h07 TRE/SE confirma condenação de ex-prefeito de Lagarto Valmir Monteiro
Foto: Alan Santos/PR
13/05/2021  16h05 Bolsonaro diz que cadastro do Bolsa Família será feito por aplicativo