Comissão de Minas e Energia vai realizar seminário em Sergipe
Evento foi proposto pelo deputado federal Laércio Oliveira
Política 15/05/2019 18:30

O deputado federal Laércio Oliveira aprovou nesta quarta-feira , 15, na Comissão de Minas e Energia a realização de seminário de Petróleo e Gás no estado de Sergipe. “Estou fazendo parte da subcomissão de petróleo e gás. E o meu estado de Sergipe hoje oferece grandes oportunidades para o desenvolvimento da cadeia de óleo e gás em função da oferta de gás através da CELSE, responsável pela termoelétrica Porto de Sergipe, e pelas grandes descobertas de petróleo e gás em águas profundas no litoral do estado, gerando atrativos para implantação de empresas que contribuirão de forma decisiva para o desenvolvimento econômico e social do estado”, disse o deputado ao argumentar para aprovar o requerimento de realização do seminário.

“Além disso, há alguns anos foi descoberta nas águas profundas do litoral de Sergipe uma oportunidade enorme para extrair petróleo e gás. Uma grande vantagem é que do poço até a costa a distância é de 100 km, em outros estados essa distância é bem maior, de 300 ou 400 km. Isso vai tornar a produção muito mais atrativa para as empresas que começam a chegar no nosso estado. A gente já produz muito petróleo, mas a política de gás está sendo vista como uma oportunidade de futuro e sendo membro da subcomissão de Petróleo e Gás, apresentei o requerimento para realizar o seminário em Sergipe”, explicou Laércio.

O deputado federal Christino Áureo, PP/RJ apoiou o requerimento do deputado Laércio. “O setor de petróleo e gás tem que ser visto não como competição entre regiões do país. Temos que nos colocar como uma possibilidade real diante das diversas oportunidades de investimento mundo afora, mostrando que nós podemos e devemos aqui na casa fazer marcos importantes para o desenvolvimento de óleo e gás e também das energias renováveis em cooperação. E defendo que seja importante nessa reunião a presença dos membros da Comissão de Minas e Energia e também de representantes do setor”, disse Áureo.

Subcomissão de Petróleo e gás
De acordo com Laércio, a subcomissão permanente de Petróleo e Gás é de enorme importância para a economia do país, especialmente nesse momento em que o Governo pretende abrir o mercado de petróleo e gás e através da concorrência conseguir um choque nos preços dos combustíveis. “Isto certamente trará enorme melhoria para a economia e competitividade para as empresas nacionais”, disse.

O deputado disse ainda que a sua participação na subcomissão também é para defender as FAFENs. “É um compromisso meu com os sergipanos envidar todos os esforços para que a indústria volte a funcionar, produzir fertilizantes e gerar empregos. Essa situação das FAFEN’s decorre especialmente do alto preço cobrado pela Petrobras pelo gás, valor esse baseado em preço de GNL importado e totalmente dissociado do custo de produção”, explicou.

Laércio afirmou ainda que o caso da hibernação das FAFENs é a evidência maior de que é urgente a necessidade de promover mudanças estruturais no setor, abrindo espaço para a concorrência nos diversas fases do processo (produção, refino, transporte e distribuição) como forma de reduzir os preços para os consumidores e com isso gerar competitividade para os diversos setores industriais e, em especial, para os fertilizantes.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Mais Notícias de Política
22/05/2019 20:27 Laércio defende a quebra do monopólio para baixar preço do gás 
Audiência pública foi realizada na Comissão de Minas e Energia
22/05/2019 19:57 Alese aprova Projeto de Lei que cria Semana Estadual do Idoso
22/05/2019 18:49 Criminalização da LGBTfobia avança no Senado Federal
22/05/2019 16:29 Projeto sobre contratação temporária de pessoal é aprovado
Por unanimidade, 11 projetos foram aprovados no Plenário da Alese
22/05/2019 16:28 Bancada do Nordeste pede fortalecimento de órgãos regionais
Revisão do pacto federativo também foi defendida