Covid: Vacinação começa dia 20 e Aracaju está preparada, diz Edvaldo 
Prefeito da capital sergipana participou de reunião virtual com ministro da Saúde
Política | Por Agência Aracaju de Notícias 14/01/2021 14h20

O prefeito Edvaldo Nogueira participou, na manhã desta quinta-feira (14) de reunião com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para tratar da Campanha Nacional de Vacinação contra o novo coronavírus. No encontro virtual, promovido pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), com gestores de capitais e grandes cidades, o representante do governo federal anunciou que a vacinação em todo o país começará na próxima quarta-feira, 20, desde que a liberação dos imunizantes da Astrazeneca e da Sinovac para uso emergencial pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, se confirme no domingo, 17. Em janeiro, o Ministério da Saúde enviará dois milhões de doses da vacina da Astrazeneca e seis milhões da Sinovac para todos os Estados.

Edvaldo destacou que “o passo dado hoje é muito importante para o Brasil”. “Aquilo que a Frente Nacional de Prefeitos sugeriu está começando a acontecer, que é que o governo federal exerça seu papel de ser o coordenador nacional da campanha de vacinação. É um grande feito e que precisa ser comemorado, porque nosso país tem experiência de vacinação, sabe fazer e conduzir as campanhas, sendo, historicamente, exemplo para outros países, e acredito que, agora, estamos caminhando na busca deste grande objetivo”, expressou.

O prefeito também ressaltou que a capital sergipana já possui o seu planejamento estabelecido para, assim que receber os imunizantes, colocar em prática imediatamente, vacinando a população. Na primeira fase, serão vacinados os profissionais da área da saúde, que estão atuando na linha de frente do combate ao novo coronavírus, além dos idosos que residem em asilos e abrigos da cidade.

“Aracaju já está preparada, tanto do ponto de vista dos insumos, dos locais de vacinação, e de como iremos proceder. Iniciaremos a campanha pelos grupos parametricamente definidos nacionalmente. Aqui, Estado e Município trabalham em conjunto, de mãos dadas, e podem ter certeza, a medida em que a vacina chegar aqui, será imediatamente disponibilizada  para os cidadãos”, reiterou. Segundo o gestor, até a segunda-feira, dia 18, a Secretaria Municipal da Saúde anunciará toda a logística e planejamento para início da campanha de imunização na cidade.

Edvaldo defendeu, ainda, que os esforços estejam concentrados na imunização dos brasileiros e frisou que, somente com a vacina, será possível para o país “voltar à normalidade”. “Seguimos com o enfrentamento ao vírus, adotando medidas para o distanciamento social, para diminuir aglomerações, mas o que, de fato, fará o Brasil voltar à normalidade, o que vai fazer que a gente possa garantir  progresso e o desenvolvimento, é a vacina. Agora é vacinar, vacinar e vacinar, para que possamos vencer esse vírus e combatê-lo de forma efetiva. Por isso, hoje, é um dia histórico para mim”, salientou..

Plano Nacional de Vacinação

Na reunião virtual, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, explicou que o país possui três estratégias para imunização dos brasileiros, com aquisição dos imunizantes produzidos no Brasil pela Fiocruz, Instituto Butantan e pela farmacêutica União Química. “Caminhamos em três grandes linhas de produção nacional em 2021: 250 milhões de doses da vacina produzida pela Fiocruz, 100 milhões do Instituto Butantan e mais 50 milhões de doses da vacina russa Sputnik V, todas produzidas no país. Assim que forem aprovadas pela Anvisa para uso emergencial, e atestada a segurança e eficácia, daremos início a vacinação. Não vamos abrir mão de nenhuma vacina, desde que esteja aprovada pela Anvisa”, declarou.

Pazuello informou também que, pelo planejamento do governo federal, ainda em janeiro, os estados devem receber oito milhões de doses da vacina para darem início à campanha, a partir dos grupos iniciais. “Vamos enviar dois milhões de doses da vacina da Astrazeneca e mais seis milhões do Instituto Butantan”, detalhou o ministro, acrescentando que o lançamento da campanha e a apresentação do cronograma de imunização para todo o país, ocorrerá na próxima terça-feira, 19, no Palácio do Planalto.

Mais Notícias de Política
Foto: Pedro França/Agência Senado/Reprodução
24/02/2021  14h35 Davi Alcolumbre assume a CCJ do Senado e promete tratamento isonômico
Foto: Rede Alese/Reprodução
24/02/2021  14h25 Aprovada até julho prorrogação do Cartão Mais Inclusão
Fabiano Oliveira defende a ativação da Frente Parlamentar de Turismo
24/02/2021  12h09 Fabiano Oliveira defende a ativação da Frente Parlamentar de Turismo
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil/Reprodução
23/02/2021  17h52 TJRJ decide suspender deputada Flordelis de suas atividades
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado/Reprodução
23/02/2021  15h44 Pacheco defende compra direta de vacinas de covid-19 pelos estados