Dataform: em ascensão, Alessandro assume primeiro lugar para o Senado
A segunda vaga ficaria para o candidato à reeleição Antônio Carlos Valadares
Política| Por Milton Alves Júnior 05/10/2018 19:55 - Atualizado em 07/10/2018 06:39

A nova pesquisa realizada pelo Instituto Dataform, apresentada no início da noite de hoje, destaca a ascensão do candidato Alessandro Vieira, do partido Rede Sustentabilidade. Antes apresentado como quinta força na disputa, a menos de 48 horas para o início da votação, o delegado contabiliza 20,42% das intenções de votos. Ele é seguido por Antônio Carlos Valadares (PSB), com 17,75%.

A sequência da pesquisa apresenta André Moura (PSC), com 15,42%; Pastor Heleno Silva (PRB), com 11,33%; e o ex-governador Jackson Barreto (MDB), com 10%. Na parte de baixo da tabela surgem os nomes de Rogério Carvalho (PT), 8,83%; brancos e nulos somam 5,75%; indecisos 4,75%; Henri Clay 2,50%; Sônia Meire 1,33%; Cadu Silva 0,50%; Reinaldo Nunes 0,33%; Jossimário Mick 0,33%; e Clarkson Nunes 0,08%.

Com um índice de variação de 2,9% para mais ou para menos, os dois primeiros da lista estão tecnicamente empatados. Contratada pela Central de Informações Comerciais Eirelli, a pesquisa ouviu 1.200 eleitores sergipanos e possui 95% de confiabilidade. Respeitando a legislação eleitoral, a análise foi protocolada junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob a inscrição SE-05273/2018.

Mais Notícias de Política
19/12/2018 08:49 TCE aponta em quais áreas municípios precisam ser mais efetivos
19/12/2018 08:45 TSE mantém registro de candidatura de Luciano Bispo indeferido
Corte considerou o parlamentar reeleito inelegível por improbidade administrativa
19/12/2018 08:12 Juiz eleitoral cassa o diploma da prefeita de Japaratuba, Lara Moura
Deputado federal André Moura também é condenado a inelegibilidade
18/12/2018 14:22 Assessora do deputado eleito Valdevan 90 é presa pela Polícia Federal
Karina Liberal é acusada de aliciar falsos doadores para a campanha
18/12/2018 12:03 André Moura é indicado por Temer para assumir a direção da Anvisa
A nomeação do parlamentar sergipano depende da aprovação do Senado Federal