Brasil lidera produtividade agropecuária entre 187 países | Haroldo Araújo Filho | F5 News - Sergipe Atualizado

Brasil lidera produtividade agropecuária entre 187 países
Aponta o estudo do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA)
Blogs e Colunas | Haroldo Araújo Filho 29/11/2021 08h00 - Atualizado em 29/11/2021 09h56

Recente matéria publicada no site do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento revela o estudo, divulgado em outubro, do Economic Research Service, órgão do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

O citado estudo chegou à conclusão que desde os anos 2000, o Brasil tem liderado a produtividade agropecuária mundial entre 187 países, obtendo índice de aumento de 3,18% ao ano.

A Nota Técnica da Coordenação-Geral de Planos e Cenários da Secretaria de Políticas Agrícolas do MAPA enfatizam relevantes conclusões do mencionado estudo.

Dentre as quais, podemos destacar os resultados da Produtividade Total dos Fatores (PTF), calculado pela diferença entre as taxas de crescimentos do Produto Total e dos Insumos.

A referida Nota Técnica define Produto como sendo um índice composto pela agregação de todos os produtos das lavouras temporárias, lavouras permanentes, produção animal. E insumos como um índice fruto da agregação das áreas de terras (lavouras e pastagens), máquinas agrícolas automotrizes nacionais, mão de obra, fertilizantes e defensivos.

De acordo com o período analisado, o produto da agropecuária brasileira cresceu mais de 5 (cinco) vezes, enquanto o aumento do índice dos insumos foi relativamente pequeno, destaca a citada Nota.

Segundo a coordenadação geral de Avaliação de Políticas e Informação, da Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Mapa, os investimentos em pesquisa, adoção de práticas da agricultura de baixa emissão de carbono, como plantio direto e sistemas de integração entre lavouras, pecuária e florestas, também impactaram no ganho de produtividade.

Esses sistemas trouxeram acentuados ganhos de produtividade, não por menos, há pesquisas que afirmam que o plantio direto pode aumentar a produtividade de uma lavoura de milho em até 30%, por exemplo.

O estudo em tela corrobora com a importância do uso de técnicas que promovam a eficiência do uso dos insumos utilizados, em especial, da terra, que cada vez mais exige práticas que favoreçam sua sustentabilidade e conservação. Afinal, as futuras gerações também têm o direito de usufruir desse bem (insumo) indispensável para sobrevivência da humanidade.

Mais Notícias de Haroldo Araújo Filho
Plano Safra 2022/2023
11/07/2022  12h15 Plano Safra 2022/2023
Histórias do Agro Sergipano (Capítulo XI)
20/06/2022  07h00 Histórias do Agro Sergipano (Capítulo XI)
Foto internet
06/06/2022  07h00 Sucessão familiar no rural brasileiro.
Histórias do Agro Sergipano (Capítulo X)
23/05/2022  07h00 Histórias do Agro Sergipano (Capítulo X)
Latuff cartoons
09/05/2022  07h00 A vilanização do agronegócio brasileiro

Blogs e Colunas
Haroldo Araújo Filho
Haroldo Araújo Filho

Engenheiro Agrônomo do Incra/Ministério da Agricultura, formado pela Universidade Federal de Sergipe, pós-graduado em Irrigação (UFS). Secretário de agricultura de Riachão do Dantas (2005-2007); Superintendente regional do Incra em Sergipe ( 2016-2017); Delegado da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário em Sergipe (2017). Antes de ingressar no serviço público atuou em empresas comerciais do ramo agropecuário.

E-mail: hafaraujo@yahoo.com.br

O conteúdo e opiniões expressas neste espaço são de responsabilidade exclusiva do seu autor e não representam a opinião deste site.