Aberto edital para comunidades de matriz africana | F5 News - Sergipe Atualizado

Aberto edital para comunidades de matriz africana
Brasil e Mundo 17/05/2012 16h28


A defesa da ancestralidade africana como instrumento essencial no combate à violência e à discriminação é compromisso fundamental da política de promoção da igualdade racial. Com esta compreensão, a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) acaba de lançar edital voltado para comunidades tradicionais de matriz africana. Ao todo, serão investidos R$1,2 milhões para projetos que poderão contar com suporte financeiro entre R$60 mil e R$120 mil.

Voltada para associações representativas de comunidades tradicionais de matriz africana, a chamada pública nº 001/2012 já está nesse link do site da Seppir. A ação é um desdobramento do seminário “Territórios das Matrizes Africanas no Brasil – Povos Tradicionais de Terreiro“, realizado ano passado pela Seppir. A atividade reuniu em Brasília, nos dias 14 e 15 de dezembro, lideranças tradicionais de Matriz Africana de diferentes estados e das diversas matrizes preservadas no país.

De acordo com a Secretária de Comunidades Tradicionais da Seppir, Silvany Euclênio, o esforço da Seppir tem sido direcionado para a articulação de políticas públicas direcionadas aos Povos Tradicionais das Matrizes Africanas e também para garantir a institucionalização da pauta dentro do Ministério.

A Pesquisa Socioeconômica e Cultural dos Povos e Comunidades Tradicionais de Terreiro, realizada em parceria com o MDS, em 4 regiões metropolitanas do país, traz dados importantes para balizar a elaboração de Políticas Públicas estruturantes, ao mesmo tempo em que aponta para a necessidade de ampliar este levantamento para outras regiões do país.

Atualmente, a principal ação voltada para este segmento populacional é a distribuição de cestas alimentares, cuja importância para a dinâmica dos povos de terreiro junto às pessoas e comunidades com que se relacionam é inegável, dada a situação de exclusão a que foram relegadas pelo processo discriminatório que permeia a política e a história do Brasil.

“Ao mesmo tempo, é premente a gradual substituição das cestas por uma política de segurança alimentar e nutricional que garanta a autonomia e o desenvolvimento sustentável dos Povos Tradicionais de Matriz Africana”, assegura Silvany, explicando que a Seppir já está se articulando com ministérios parceiros nesse sentido.

As Entidades interessadas em cadastrar projetos para esta chamada pública, caso tenham alguma dificuldade, poderão buscar orientações através dos e-mailsnathalia.salgueiro@planalto.gov.br ou seppir.secomt@planalto.gov.br.

Foto: Sílvio Oliveira

Mais Notícias de Brasil e Mundo
Enxaqueca tem controle e requer tratamento médico, alerta neurologista
23/05/2022  08h30 Enxaqueca tem controle e requer tratamento médico, alerta neurologista
"Não é uma doencinha qualquer", diz especialista Leandro Calia
Rede Social/Reprodução
20/05/2022  18h25 Presidente Bolsonaro se encontra com empresário Elon Musk em São Paulo
Um dos temas foi viabilizar internet para 19 mil escolas pelos satélites Starlink
Projeto Astrominas tem inscrições abertas até o dia 29 próximo
20/05/2022  08h18 Projeto Astrominas tem inscrições abertas até o dia 29 próximo
Serão oferecidas 400 vagas para garotas de 14 a 17 anos
Fonte não identificada
18/05/2022  15h47 Filha de Lampião e Maria Bonita processa rede de motéis em Sergipe
Peça publicitária utilizava trocadilho com o nome do casal mais famoso do cangaço
Veja identidade das vítimas de ataque em supermercado nos EUA
16/05/2022  16h15 Veja identidade das vítimas de ataque em supermercado nos EUA
A mãe de uma delas soube da morte da filha por meio de um vídeo nas redes sociais